janita

janita
Rosas do meu quintal.

Argos.

Argos.
Vista parcial do Rio Douro e da Ponte D. Luís. A foto está pouco nítida por ter sido tirada do interior do Funicular dos Guindais!

Eden

Eden

sábado, 31 de Março de 2012

A MEU FAVOR...

IMPERTURBÁVEL, ESTA GAIVOTA DEIXOU QUE EU ME APROXIMASSE,  FOTOGRAFASSE E SÓ DEPOIS LEVANTOU VOO.
 FOI LINDO...


Há já bastante tempo que não me sentia tão feliz!  O jardim do Palácio de Cristal foi o palco de uma tarde memorável. Tive comigo as pessoas que mais amo no mundo e me amam. Rimos e divertimo-nos como se fossemos cinco crianças. 
Apesar de tudo...a vida ainda vale a pena...e como vale!




A MEU FAVOR

A meu favor
Tenho o verde secreto dos teus olhos
Algumas palavras de ódio algumas palavras de amor
O tapete que vai partir para o infinito
Esta noite ou uma noite qualquer.
A meu favor
As paredes que insultam devagar
Certo refúgio acima do murmúrio
Que da vida corrente teime em vir
O barco escondido pela folhagem
O jardim onde a aventura recomeça.
ALEXANDRE O'NEILL
 «««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

quarta-feira, 28 de Março de 2012

Mi Corazón Perdióse En El Espacio...

UM FIM DE TARDE, UM POUCO TRISTE E CINZENTO, NO MEU QUINTAL.









Primavera 
Era una noche azul; la primavera
inundaba mis sienes y mis manos,
y era el mundo, muchacha, un fruto inmenso,
cálido, abierto, mudo y entregado.
Sentí mi carne desprenderse, irse
por el paisaje misterioso y claro,
mi sangre fue con los arroyos lentos,
mi corazón perdióse en el espacio.
Era hermoso en la piel sentir el roce,
hecho leve suspiro, de los astros,
y tener en la mano, dulcemente,
un murmullo de nubes y de pájaros.
Me fundí con el aire, con las cosas,
sentí el fondo del mundo entre los labios
y palpité, en la noche inmensa, grande,
como un tremendo arcángel derramado.
Poema de Rafael Morales.

«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

domingo, 25 de Março de 2012

Menina dos Meus Olhos.


Mora uma menina em meus olhos

Mas outras partes de meu corpo

Ainda estão por povoar,

Queria ver esses sonhos de menina

Sem ter que  meus olhos fechar…





                                                                            

                                                               


                                                                            

domingo, 11 de Março de 2012

Um Pouco do Muito Que Me Deram.

Há uma Estrela na vida que sempre nos guia e bem nos conduz...
  
Meus amigos, não venho para continuar nem para vos dizer que desisto. Pelo carinho que sempre me dispensaram, sinto que vos devo uma explicação. Há cerca de um ano e meio atrás, Junho de 2010, sofri um glaucoma agudo, que depois de tratado ficou, segundo  opinião médica, sanado. Nos últimos meses a pressão ocular subiu de novo e na última consulta que fiz, no serviço de oftalmologia do Hospital de São João, na passada sexta-feira, estava tão elevada que mesmo aplicando diariamente as gotas, para a fazer baixar, o glaucoma de ângulo fechado - nem sei o que isto quer dizer -  já foi considerado crónico e, se quiser evitar a cegueira, terei que me  submeter a uma intervenção cirúrgica. Ando aterrorizada, desmotivada e sem condições visuais e psicológicas para continuar na blogosfera. Contudo, sempre que possa, darei uma espreitadela aos vossos cantinhos para matar saudades...penso que devem imaginar que não conseguiria passar sem o fazer. 
Até ao meu regresso, deixo-vos com um pouco do MUITO que me deram, dos sorrisos e da felicidade que me proporcionaram. Meus Amigos/as, o meu muito obrigada a todos. Quero muito acreditar em mim, que terei forças para ultrapassar esta provação e  acreditar na possibilidade de que um dia tudo possa voltar a ser igual ao que já foi antes.

                            


       Carlos Barbosa de Oliveira disse..       .
  Moreno é um apelido que me lembra muito a minha querida América Latina. Logo, gosto MUITO!
Beijinho e bom fds
         11 Novembro, 2011 23:06
       Fê-blue bird disse...
       Janita:
Eu não podia faltar a esta linda homenagem que prestou ao nosso amigo Carlos, uma das pessoas que mais admiro neste nosso cantinho virtual.
São estas lindas amizades que para mim têm sido bem mais verdadeiras que muitas no mundo real.
Um beijinho grande aos dois.

       24 Outubro, 2011 21:57
       L.O.L. disse...
       Poema um tanto ou quanto invulgar mas muito bom. E como diria o outro: Quem tem cu... tem medo. Lololololol
         07 Outubro, 2011 21:04.
       Sonhadora disse...
               Minha querida
Nem os poetas conseguem descrever o amor...apenas se sente...não se consegue explicar.
Lindo este poema de Drummond e uma bela escolha.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora
  26 Novembro, 2011 20:40
       mfc disse...
          Um poema de uma humanidade tocante!
"Triste de quem não tem saudades"...
E sabes, Janita?!
Eu tenho muiiitas... muiiitas!
Obrigado por teres escolhido este poema do fantástico Rómulo de Carvalho.
Beijinhos.
        30 Novembro, 2011 19:17
         eduarda disse...
      Eu, já tinha morrido!
    Chorar não choro, mas...gosto mesmo, e muito!
    Beijinho grande
19 Setembro, 2011 22:53
      Chego a deshoras
Mas a tempo de que preciso
Para receber e deixar

      O mais terno sorriso
28 Junho, 2011 01:10
manjedoura disse...
que sejas feliz, o máximo possível
21 Dezembro, 2010 11:59
rosa-branca disse...
Olá amiga, belos disfarces feitos sorrisos. Adoro os filmes dele e a verdade é que me faz rir. Quantas vezes ele o faria sem essa vontade? Obrigada pelo carinho no meu cantinho e espero que também esteja tudo bem contigo. Beijos com carinho

Quisera eu ó Janita
Encontrar-te em qualquer lado
Para te ver mais bonita
Que um belo cravo encarnado

Quisera eu minha amiga
Matar a maldita dor
À alegria dar guarida
E eternizar o amor.

Para ti amiga aqui e agora. Beijos
30 Junho, 2011 22:19
   Rafeiro Perfumado disse...
        Eu, quando se trata de casos assim, borrifo-me no que os outros possam pensar da minha opinião, e não me importo de ir contra a ditadura da maioria. Nas touradas a única coisa que aprecio são as pegas, pois é quando o touro está ao mesmo nível do homem. Tudo o resto são resquícios de um passado bárbaro.

Beijocas!  
       11 Setembro, 2010 11:28
       ESpeCiaLmente GaSPaS disse...
       Eh... Fiquei a conhecer o rafeirito :)))

Assim vale a pena andar pela blogosfera!!! Viva a amizade!
 
       08 Setembro, 2011 18:06
MIUÍKA disse...
      Muito obrigada minha querida amiga,pelo apoio que me dás com tanta prontidão,é assim que se conhece a amizade,obrigada por isso,sou tua amiga também e tens em mim um cantinho especial.
Um grande beijinho...Miuíka 
       22 Julho, 2010 11:10
      Não sei se ao ler este post me apetece mais cantar,

Oh Serpa de Guadalupe
Das muralhas, casas brancas
Dos poetas e pastores
Dos cantes até às tantas

      ou se me apetece cantar

Quem vem e atravessa o rio

      Junto à serra do Pilar
vê um velho casario
que se estende ate ao mar...

mas que me dá uma enorme vontade de cantar lá isso dá.
Folgo muito em saber das tuas melhores e já tinha notado essa subida de astral.

Um beijinho.

12 Julho, 2011 01:02
       JADY*ALVES disse...


          Compreendendo o Portunhol.
Gostei da aula Janita, e; ainda mais da tua visita por lá...
Vivo aqui na correria,
sem tempo pra quase nada...
Mas sei guardar num cantinho do coração uma amizade, quando se tem por ela muito carinho, e tenho por tí querida.
Um beijo doce e feliz domingo!
       03 Julho, 2011 16:20
Jorge disse..
  JANITA AMIGA,
E esta hem!? Agora quem me vai fazer 3 comentários à mesma postagem? Quem me vai dar uma reprimenda? Estou desolado, mas não desiludido. Para mim, portista no Alentejo foi maravilhoso conviver com uma alentejana no Porto.
Estou também triste. Só a minha convicção de que nada neste mundo é definitivo me dá alento. Até breve!?
Um grande xi-coraçao.
Jorge


24 Novembro, 2010 20:33
       RSM disse...
       Querida Janita,

esta coisa da blogosfera é muito mais real do que nós imaginamos, e é algo que nos prende como as amarras prendem um barco ao porto.

Também um dia gostava de conhecê-la, aqui ou ai tanto faz, mas como já conheço uns quantos amigos "virtuais" tenho sempre a curiosidade de conhecer aqueles com quem julgo ter mais afinidade, como é o seu caso.

Queira receber deste seu amigo um beijinho e votos de bom fim de semana!

       09 Setembro, 2011 14:37
       Daniel disse...
         O Agostinho da Silva foi o único filósofo português, néi? Tal como eu era vegetariano. Os filósofos são assim...

Mas relativamente ao tema da mudança, será que alguém alguma vez muda, deixa de ser o que sempre foi? A minha experiência diz que não.


       30 Dezembro, 2011 15:26
      
  Anamaria disse...
         que lindo, Janita, adorei seu post! alegre e apaixonado, adorei! Bom domingo para você

       05 Novembro, 2011 23:58
       SOL da Esteva disse...


       Janita
Alma Cigana é ter Espírito livre.
Gostei!
Cantas tudo o que lá vai dentro e isso é muito belo.

Beijos
SOL
      06 Novembro, 2011 11:06
       vitorchuvashortstories disse...
       Olá, Janita!

Feliz combinação tu conseguiste: a alma errante toca castanholas, enquanto o coração dedilha um fado triste.
E lindo é o poema, de cor vermelho vivo, a falar de dança, de amor, e de amantes.
Gostei muito; parabéns!
Beijinhos.
Vitor
       chica disse...


      Uma viagem sempre faz bem e tens várias boas lembranças guardadinhas dela.Adorei vercada foto.Lindas! beijos,tudo de bom,chica
       25 Setembro, 2011 19:51
        
mfc disse...
         Olá Janita

Já me fizeste rir... lá no Pé...!
Pois a cor do absurdo que defendo não é a cor da relva verdinha e encantadora! Mas sim a do vermelho da revolta, do querer, da paixão, da luta... permanente!

Beijinhos.


       06 Outubro, 2011 21:37


folha seca disse...
Janita
Gostei das duas partes. A primeira, nem imagina quanto precisava de ler algo assim.

Katia Guerreiro e Martinho da Vila. Perfeito não conhecia. Adorei.
Beijo e bom Domingo
Rodrigo


11 Dezembro, 2011 12:13

       Juan Francisco disse...
       Hola mí querida janita. Aquí estoy de nuevo batallando con mis blogs. Sabes que me ha sido imposible durante bastante tiempo atenderles, pero confío en poder hacerlo ahora y ojala sea por mucho tiempo. En cuanto a mis poemas, sabes que no necesitas pedirme permiso para publicar cualquiera de los poemas de mis libros, sabes que te lo dije desde el principio. Solo respetar la titularidad y eso se bien que lo haces. Bueno, amiga Paquita, seguiremos en contacto. Te dejo un fuerte abrazo con mí cariño.
       22 Outubro, 2011 09:08
 
       **♥-franciete-♥** disse...
Olá Janita, obrigado pela tua visita no meu blog. pois quando alguém está um certo tempo ausente a gente gosta de voltar a ver.
É verdade que as andorinhas são sempre bem vindas que com elas vem a Primavera, e, na partida chega o Inverno, fico feliz que tenhas passado umas boas férias pois são esses momentos que recarregamos as baterias, beijinhos de luz e paz na tua vida...
09 Setembro, 2011 15:16
       Pena disse...
       Preciosa Amiga:
Só concebe textos de sonho e de deslumbre.
Essa alma cigana é linda e pura num Post perfeito e majestoso de beleza e pureza de si.
Bem-Haja, pela amizade sincera.
Beijinhos mil de pureza amiga.
No maior respeit por si e pelo seu talento imenso.
Sempre a admirá-la pela imensa significação humana maravilhosa.

pena
         05 Novembro, 2011 22:51

       José disse...


       Querida amiga Janita
mais que amigos reais
nesta homenagem bonita
hoje no dia dos pais
Nesta data hoje marcada
digo-lhe mais uma vez
muito muito obrigada
a homenagem que nos fez
Os filmes que realizou
foram bem realizados
e aquelas que ele apanhou
sem serem santas fizeram milagres
E a Florbela Espanca
escreveu poesia tão bela
a sua solidão era tanta
tinha como amiga a Florbela

A Primeira foi a minha filha,
a segunda foi a Janita, Obrigada
beijinho grande,
José.

       19 Março, 2011 14:41

FMF disse...


Pelos presentes recebidos, o meu obrigado. Ainda bem que se revê apenas numa parte da dureza que transparece do poema. A minha percepção, à distância, indica-me uma Janita mais sensível, mais expansiva e um ser muito mais doce.
Bjs
20 Março, 2011 10:39
 

       Laura disse...

       Não gosto do Woody, detesto-o nem como cineasta, homem, nada, e a Florbela li apenas alguns versos e disse pra mim; arre, isto é a melhor poetisa do mundo? só a dor é que escreve e descreve? bolas...Nunca mais peguei num livro dela, deita-nos abaixo...
Li a história da vida dela e seja como for, todos temos o dever de lutar para ter o sol cá dentro...

Beijinho deste dia, como me mandaste apanhar sol, olha, mal vim a casa andei na vadiagem com as amigas...

Um xi da laura

20 Março, 2011 20:36
      Edgar Neves disse...
Janita, é claro que sim, que La vita è bella.
Todos os esforços são poucos para a manter nesse estado, mas tudo vale a pena. Afinal, a sensação de ser feliz é um combustível para sentirmos que viver vale a pena. E como vale!

Um enorme beijo
         16 Novembro, 2011 23:33


       Kim disse...
    Olá miúda!
Efectivamente pareces uma miúda ao lado da tua neta. Ninguém diria!
Estás linda!
Eu não tive problemas com esse cão, mas também passei um pouco ao lado. Ão, Ão!!!
Até tiveste sorte com o fim de semana, pois o bom tempo ajudou.
Até daqui a uns dias. Vou a NY e regresso a 16 Novembro
Beijinhos
         03 Novembro, 2011 20:10
       Je Vois La Vie en Vert disse..
       E Deus queira que esta terapia virtual te traga sempre o que desejas !
beijinhos
Verdinha


       23 Outubro, 2011 14:31



Zé do Cão disse...


Que o nosso semblante volte a sorrir, são os meus votos para 2012.

Zé do cão

01 Janeiro, 2012 01:19
       Hugo Nofx disse...
       Janita, envio-te um abraço! É isso que me apetece!
beijos.
  22 Novembro, 2011 04:38

nêspera disse...

:)
Amo Elis Regina! E, claro, amo o amor!

Bjis :)

15 Fevereiro, 2012 23:21

      
      Luis disse...
            Minha Querida Amiga Janita,
Que saudades eu tenho das aulas com Gedeão meu professor! Saudades também das suas ausências aqui e além... e saudades do tempo perdido que acabei por não viver...
Beijinhos muito Amigos.


       06 Dezembro, 2011 00:53
       Guma Kimbanda disse...
   Querida Janita.

O sorriso vem junto com o desejo de te ver feliz.
Um kandando com ternura, também.
Beijo
         26 Outubro, 2011 23:20
disancor disse...
Bueno, pues, ya te conozco un poquito a tí y algo de tu historia. Y estoy contento de verte feliz con tú nieto en los brazos.
Un beso.
  25 Outubro, 2010 16:32


       Jose disse...
          Si estimada Janita la vida es bella y por tal motivo nosotros la debemos de aprovechar viviéndola con amor amistad y mucha sinceridad.

Saludos
       15 Novembro, 2011 23:00
       Carlos Albuquerque disse...
      Carinho recebem os que, como eu, aqui chegam!
Hoje, Fernando Pessoa!
Que melhor nos podia dar?
"Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não."
E a labuta em que eles andam para nos congelarem o corpo, e não só...!
Obrigado, Janita, pelos votos.
Para si, também, um Natal Feliz e um Ano Novo com tudo de bom.
Beijo
         24 Dezembro, 2011 13:29
       Sandrio cândido. disse...
       Querida
cheia de memórias boas.
abraços
25 Setembro, 2011 02:24
    
   :.tossan®disse...

       Belíssima adaptação, afinal a tua alma é cigana e o teu sotaque e alegria. Bj
         07 Novembro, 2011 11:48


      Thony Caro disse...
       HOLA JANITA, A LO LARGO DE ESTE AÑO, SIEMPRE ESTUVISTE PRESENTE, TE DESEO UN AÑO 2012 CON MUCHA FUERZA Y ENERGÍA.-
DE CORAZON.-
Thony
       28 Dezembro, 2011 00:23
       Mim disse...
       Bom Natal, com muitos abraços. ;)

       21 Dezembro, 2011 22:11

Hola mi amiga. no se me ponga triste por una flor, cuando usted sola es la planta y fruto entero.
Gracias por su espacio
Con ternura
Sor.Cecilia
28 Maio, 2011 00:00
        joaquimdocarmo disse...
       Ah, que saudades de uma casa de fados de verdade!... Na sua falta, sempre é possível ouvir bons fados, bons fadistas desta nossa terra!
Beijinho
Quicas
        25 Setembro, 2011


Ana Martins disse...
Janita, boa noite!
E sempre que sorrimos porque alguém nos enternece, sentimo-nos felizes!

Beijinho,
Ana Martins


03 Fevereiro, 2012 22:56

       lolipop disse...

       Olá Janita!

Felizmente apareci a tempo, e já tive oportunidade de felicitar o Rogério.
Quis passar por aqui para lhe dar um beijo grande e desejar-lhe um 2012 muitoooo feliz, a si e a todos os que ama.
Ternuras

       04 Janeiro, 2012 22:05

Fernanda disse...
A humildade leva cada alma a não desanimar ante os próprios erros. A verdadeira humildade leva... a pedir perdão!
(Josemaría Escrivá)

Beijinhos, amiga Janita.



23 Julho, 2011 17:13

Observador disse...
Janita
Já não sei o que hei-de fazer.
Sou um eterno apaixonado - não é relevante por quem ou porquê.

Será problema de signo ou, principalmente, de ascendente?

Kisses for you.


15 Fevereiro, 2012 15:08
Brown Eyes disse...
Falando em amizade eu estou aqui porque a amiga Fê nos deu a conhecer este blog. A homenagem que ela fez foi tão maravilhosa que aqui estou para conhecer este blog.
Beijinhos
13 Setembro, 2011 20:54
       edumanes disse...
       Boa noite amiga Janita, estou passando em seu cantinho, para lhe desejar um óptimo fim de semana.
Gostei do poema, menos da tristeza que se pode transportar. Mesmo que possa ser a tiracolo. Neste caso está a referir-se à máquina fotográfica!

Durma bem e sonhe lindo,
Um beijo
Eduardo.
       29 Outubro, 2011 23:08
       PATRICIA PALLERES disse...
       HOLA JANITAAA!!
QUÉ BUENO ES SONREÍR CON GANAS.

BESOS...PAT
27 Outubro, 2011 21:31
  
       Manuel disse...
       Fico sem palavras.
Não só por me deixar maravilhado com o que escreve mas muito especialmente pelos seus pensamentos.
É um encanto ler o que nos deixa.

       30 Outubro, 2011 23:20
Adrian L. disse...


Florbela, essa rapariga foi sempre minha preferida...que jeitinho que ela tinha.
20 Março, 2011 04:03
    
       IVANCEZAR disse...
       Janita:

um primor de poema !
Vivemos as trocas e vivemos de trocas ...
Escambo de sentimentos
Ando muito ausente, passo para deixar beijos do sul do Brasil
       28 Setembro, 2011 01:52
       iglesiasoviedo disse...
       Gracias por tu visita y tu comentario, siempre valorado y deseado.
hermosa entrada, el poema realmente bello.
Un beso.
       11 Novembro, 2011 16:42
       Planeta Tierra disse...
       HOLA JANITA, COMO ESTAS TU AMIGA? YO ENCANTADO DE VOLVER Y COMPARTIR CONTIGOOO
TE DEJO UN BESO GRANDEEEE
CHRISSSS
       03 Novembro, 2011 22:38
       americano disse...
       confesso que nao sou muito blogueiro nunca entendi muito bem isto de blog apenas tenho o meu para la de tempos a tempos publicar algo...vim agradecer voce pelas suas visitas e seus comentarios....ja agora proximo fim de semana nao deixe sua neta sem sorriso nos labios :) bj
       04 Novembro, 2011 00:41
       Ricardo Miñana disse...
       Hermoso poema, tus letras acarician los sentidos.
que tengas un feliz fin de semana.
un abrazo.
       12 Novembro, 2011 01:58
Xipan Zéca disse...
Nóis é humirdi pacas... rss

Bunitu isso viu !!

Deusssssssssskiajude
Beijo
Tatto
23 Julho, 2011 02:00
       Oi, Janita. Que lindeza isso!!! Sempre bom vir aqui. Você é especial e ainda põe Drummond? Beijão.
       26 Novembro, 2011 21:43
       Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...
       belíssimo, Janita!
saudades de um amor não vivido, que bonita poesia. Obrigado por apresentar esta maravilha

boa semana a vc e aos seus.
       05 Dezembro, 2011 12:14
       otempoquehadevir disse...

       Querida Janita!!! Queres que te coloque aqui junto das outras gotas amigas?

Bjhs

       04 Março, 2012 18:47

 »»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»


Fiquem bem. 
Beijinhos para todos.

Janita