quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Quem Nunca Disse Nenhuma Estupidez...

Que atire a primeira pedra!
:)

 
Acreditam mesmo que, ainda que fora do contexto, dizer a alguém
"Amo-te"
pode ser considerado como algo estúpido? Pensem nisso e depois digam-me a vossa opinião.
 No final das férias, lá para Setembro, dir-lhes-ei a minha!
Entretanto, digam muitas vezes aos vossos companheiros/as...
...something stupid...like: I love you!
 
Fiquem bem e sejam felizes.
 
***************************************
                                                                                  

20 comentários:

  1. Eu diria que não, mas na música até parece fazer sentido talvez por ser cedo ou ter um impacto que colocava em causa o momento que estavam a viver :)

    ResponderEliminar
  2. Boas férias e vou ficar à espera da resposta :)
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  3. Venho encontrar a minha querida amiga em grande forma. Vim eu aqui matar saudades, depois de um apagão bem intencionado, e dou com a Janita "em manobras" com "fogo real".
    Tens toda a razão, se não dizemos os sentimentos é porque os não temos, ou porque não sabemos o que isso é.
    Adoro-te Janita, és uma Mulher "e peras", quando se passa por ti sente-se o bafo quente do Amor. Só tenho pena que no projecto tenhas contemplado um esconso para uma qualquer estupidez...
    "trovas antigas, saudades loucas"???
    Não esperes por Setembro; beijo grande.

    ResponderEliminar
  4. Não é frase que diga muitas vezes, para não dizer que só muito raramente a disse em toda a vida. Não disse, mas demonstrei, que me parece mais válido... :)

    E isto deve ser trauma, porque ouvi essa frase muitas vezes proferida em vão... (e não exclusivamente para mim, note-se!)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E continuação de umas excelentes férias, está claro! :D

      Eliminar
  5. O amo-te em inglês não tem o mesmo sentido que em português... assim me parece.
    Enquanto que em português o “amo-te” se diz quando se sente o verdadeiro amor, o “I love you” diz-se em qualquer altura e circunstância, perdendo, talvez, um pouco do sentimento que deveria significar. Ainda há dias, uma senhora vira-se para o cão que estava comigo e diz-lhe: “Hi baby, I love you!” A senhora nunca tinha visto o cão antes!
    O que gosto verdadeiramente, é quando se diz com frequência (no final de uma conversa ao telefone, por exemplo), “love you” aos nossos filhos e eles nos respondem da mesma forma.
    Já o dizer “amo-te” a um filho ou a uma filha, soar-me-ia estranho. Falta de hábito. Diferença linguística. Faço-me entender? : )

    ResponderEliminar
  6. Posso subscrever o comentário da Catarina?
    Todinho!!
    Continuação de boas férias!!

    ResponderEliminar
  7. Nunca tive o hábito de dizer a quem quer que fosse "Amo-te"...

    Que as férias sejam excelentes...e o final de semana também, rrss

    ResponderEliminar
  8. Janita
    Creio que é uma expressão bastante usada. Quantas vezes por circunstâncias e falsidade.
    Eu uso-a sem preconceito porque amo (na verdadeira acepção da palavra).
    Beijinho
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  9. Olá Janita,
    Acho que é uma palavra que não deve ser usada levianamente, assim como quem dá aquela palha. Mas quando é dita com o sentimento que a caracteriza, vale abusar.

    Beijinhos e Boas férias

    ResponderEliminar
  10. Olá, Janita!

    Dependendo do momento e do contexto, poderá não ser a expressão certa: quando como mero expediente para obter aquilo que de outra forma não seria conseguido; ou quando mera confusão de sentimentos com simples acto bem mais mais prosaico e terra-a-terra,donde o amor fará parte, ou talvez não...

    Dita com verdade - e reprocidade... sabe lindamente bem usá-la, ainda que sem exageros, para que não fique gasta.

    E que tenham corrido bem essas idas ao dentista, já que há outros lugares bem melhores para passar o tempo...

    Bom fim de semana; beijinhos amigos.
    Vitor

    ResponderEliminar
  11. Também subscrevo o comentário da Catarina.

    Boas férias - mais? - e não te esqueças de trazeres uma lembrança.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Bem...devo ser de outro planeta!
    :(
    Abraço grande

    P.S. Janita, eu depois explico

    ResponderEliminar
  13. Penso que o original era este
    http://www.youtube.com/watch?v=u6bOCUOPN0w
    ...mas a versão Nicole Kidman/Robbie Williams é bem melhor, principlamente do lado feminino

    ResponderEliminar
  14. Hola JANITA

    LA PALABRA AMOR es una de las mas utilizadas y el Amor es todo en la vida, quien no tiene Amor no tiene nada!

    AMOR
    AMORE
    AMOUR
    etc..

    besos, bisousn beijos

    ResponderEliminar
  15. Olá Janita,

    Estou aqui de novo para tentar explicar como prometi!
    Há certas palavras que de tão utilizadas fora de contexto se tornam banais e por vezes esquecemos o seu verdadeiro significado.
    Exemplos? "Obrigado" (obrigadíssimo :)), "desculpa", "amigo" e "Amo-te". Em relação a esta última palavra, não entendo porque a dizemos vezes sem conta em namoros que não passam disso e nos abstemos de dizê-la aos nossos filhos, aos nossos pais, ao nosso cônjuge.
    Não sei se consegui explicar o que penso, por vezes sou um pouco "confuso" com as palavras.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  16. Subscrevo o que disse a Catarina.
    Eu digo muitas vezes "I love you" à pessoa que amo porque é a lingua em que comunicamos, mas isso significa no dia a dia dizer que gosto muito dessa pessoa.
    O "I love you" que se refere realmente ao Amor, diz-se menos e de uma forma diferente.

    ResponderEliminar
  17. com um beijinho



    Amor
    Palavra linda
    Palavra simples
    Palavra pequena
    Apenas quatro letras

    Mas quatro letras
    Todas diferentes
    E todas fortes

    Amor tantas palavras
    Tantas vezes usadas
    Tantas vezes lidas
    Tantas vezes gastas

    Palavras que usamos
    E sentimos que o Amor é mesmo
    O único elo
    Que move o mundo
    Que nos rodeia
    Por isso
    Continuamos sempre
    A viver o Amor!

    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  18. Ola!

    Parabens pelo blog.

    Tenho alguns seguidores de Portugal e adoro!

    Um grande beijo...

    ResponderEliminar