terça-feira, 14 de julho de 2015

VIVA O FADO, VIVAM OS FADISTAS....

...Arrojados e Criativos!!

                                                                           


                                     Este é um dos Fados do Fado!     

Vestida de novas e modernas roupagens, a "Rosinha dos Limões" reaparece, na bela voz de Marco Rodrigues, para nos fazer vibrar e dar ao pé!...Ou não fosse ele um rapaz do Norte!

E que linda que ele/a é!!




  

30 comentários:

  1. Mas afinal a que "limões" se refere este fado ?! Este fado é "naughty" ! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo,

      já prevendo essa dúvida, exemplifiquei quais eram os limões! :)

      Este Fado é isento de qualquer segundo sentido...ó-ó...

      ;-))

      Eliminar
  2. A Rosinha, o Marco ou o fado?!? :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teté.

      Estás a perguntar ao Ricardo, ou a mim? ...:)
      Lindos são os três...o Fado, o Marco e a Rosinha...
      'naughty' , talvez seja o nosso amigo RS! :-)

      Beijocas!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. O Fado é muito antigo, Ângela, mas a nova versão rejuvenesceu-o...:)

      Um beijo!

      Eliminar
  4. É giro!
    A Rosinha dos limões sempre ouvi falar nesta expressão e não sabia deste fado..
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Rosinha dos Limões é como o namoro do Chico pescador e a Rita peixeira, do romance de amor, no antigo mercado da Ribeira, Papoila! :)

      Beijo

      Eliminar
  5. Gostei de ouvir Marco Rodrigues!

    Sobre o teu post anterior, as minhas filhas têm sim 41 e 38 anos, só a mais velha se lembra do Verão Azul, eu não, mas lembro do Pica-Pau-Amarelo.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este fadista tem uma forma de cantar muito peculiar, Flor! Eu gosto muito de o ouvir.

      Quanto ao Verão Azul, esta série ocorreu-me porque li a noticia do reencontro dos intérpretes, três décadas depois, vai daí procurei os vídeos já que me lembrava bem da música assobiada e do quanto apreciámos cada episódio!


      Um beijinho

      Eliminar
  6. Porque é que os novos artistas não criam novas canções em vez de as pseudo modernizar?

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porquê não sei, Argos, mas lá que concordo que tragam de novo à cena canções desconhecidas para esta nova geração, concordo!
      Mas com outro ritmo mais vibrante, como é o caso desta canção....

      Beijinhos e abraços!

      Eliminar
  7. Gosto da fotografia com que abre o teu cantinho!

    Outro abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu!! :-)

      Outro beijo e abraço!!

      Eliminar
  8. Gostei. Sabia parte da letra porque a minha mãe a cantava.
    um beijinho e uma boa semana
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A canção que a tua mãe cantava, Gábi, era esta mas com outra música!

      O que torna este tema musical atraente é essa diferença. Pelo menos para quem já a conhecia!

      Beijinho e boa semana também para ti, Gábi!!

      Eliminar
  9. Perguntas-me se eu gosto de fado. Sim, gosto de fado e gosto tanto que não me atreveria a cantá-lo mesmo se fosse o último sobrevivente do planeta. Estou certo que a fazê-lo até os dinossauros se extinguiriam de novo!
    Gosto de ouvir fado especialmente quando interpretado por mulheres.
    Porquê? Não sei explicar, mas comigo é assim. ó_ò
    Beijokas cantadas com sorrisos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))) Cantas assim tão mal, Kok?

      Adoro quase todo o género de Fado, embora não aprecie muito o 'marialva'...o estilo, claro!!
      Só gostas de ouvir Fado se for cantado por mulheres? Realmente é um gostar esquisito!! Ó_Ò... :))

      Beijokas com um sorriso afadistado.

      Eliminar
    2. Não só por mulheres mas especialmente por mulheres.
      Sinto, enfim "sinto" que as palavras são ditas/cantadas com mais profundidade (tenho dúvidas que isto que aqui te digo seja uma alarvidade, mas "prontos"), do que quando são os homens.
      Manias, é o que é!

      Beijokas afadistadas com sorrisos

      Eliminar
    3. Não, Kok, não é alarvidade alguma o que dizes! Se sentes isso, podes e deves dizê-lo. Eu não tenho preferência de género! Gosto de quem sabe cantar e me toca o coração. Só isso!

      Beijokas, com um sorriso já ao som de outra música: A Celta... Gostas?
      :-))

      Eliminar
  10. Sabes que eu já "tive a mania" que cantava bem ? ... e já lá vão quase 60 anos !!! ... e este era um dos Fados "culpados" por isso !
    Claro que não este versão do Marco, mas sim a do Artur Ribeiro (o mesmo da Fonte das 7 bicas) !
    eheh ... E como eu estava convencido que cantava bem, quer imitando o Artur Ribeiro, quer o Francisco José (do Marco do correio, portinha ao centro,...) ! rsrsrs

    Curioso como esta versão é tão diferente na interpretação ! ... mas claro mais "actualizada", criativa !
    É agradável voltar a ouvir aquilo de que gostávamos na adolescência ! :)))

    Abraço , Jani !
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh Numa próxima vez que nos reunamos vais cantar o Fado, Rui!
      Temos que tirar isso a limpo...:)

      Pensei que quem cantava este fado /canção, fosse o Tristão da Silva.

      O Artur Ribeiro cantava canções com mais 'peso'... mas tu é que sabes dessas coisas, meu Amigo!
      Ah, o Francisco José dos "Olhos Castanhos"...Depois foi para o Brasil e por lá ficou!!

      Beijinhos, Rui!

      :))

      Eliminar
    2. :))) ... O Artur Ribeiro é mais antigo e depois dele o Max e o Francisco José, cantaram-na

      https://www.youtube.com/watch?v=BgtHMIPk86E

      (a gravação tem péssima qualidade. Ele cantava bem melhor ! rsrs)

      O Tristão da Silva era o do "Se os teus olhos falassem" e o "Daquela Janele virada para o mar" !
      Não sei se chegou a cantar A Rosinha dos limões" ! (?)

      Beijinho, Jani ! :)

      Eliminar
    3. Rui, só agora reparei neste teu comentário! Obrigada pelo link, vou ouvir e depois te direi, do que suponho ser um fado na voz do Artur Ribeiro! :))

      Beijinhos!

      Eliminar
  11. Recriar um fado, como o fadista o recria
    é dar-lhe vida
    Que bom seria o regresso
    da Rosinha
    o ressurgir dessa praça

    Hoje os limões são vendidos
    nas grandes superfícies
    sem sumo nem fado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bravo, amigo Rogério! Criar ou recriar é dar vida!

      Neste caso, dar nova vida
      a um Fado já esquecido.

      Assim ressurgisse o mercado
      onde tantos fados brejeiros
      foram cantados
      homenageando gentes
      que se sabiam vivas.

      Hoje é tudo impessoal
      ninguém conhece ninguém
      e os limões até sabem mal.

      Abraço amigo! :)





      Eliminar
  12. eu sou mais fã da Cuca Roseta!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto, sim senhor!
      É uma jovem Fadista
      com um futuro promissor!

      Beijinhos.

      Eliminar
  13. Amiga Janita, nasci em Lisboa como sabes e vivi até aos 10 anos na Ajuda.
    Havia lá um sociedade recreativa onde se cantava o fado e eu na altura tinha a ambição de ser fadista.
    Naquela altura havia algum preconceito para com os artistas, e eu tinha uma tia que dizia que cantar o fado era só para as "mulheres da vida" imagina ! :))
    Assim se perdeu uma fadista :))
    Este era um fado que gostava de cantar ! Foi bom recordar !

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, amiga Fê, que pena!
      O Rui Espírito Santo diz que também gostava e sabia cantar fado, ora eu também gosto!
      Ainda havemos de organizar uma tertúlia fadista e pôr à prova o nosso talento! Que dizes? :))

      Beijinhos, amiga e bom fim de semana!

      Eliminar