sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Gosto de Animais, Mas Assim...

...Já é demais!!

Permissividade tem limite. Não consinta isto ou será o fim da sua autoridade enquanto dono!


E os gatos são uns dissimulados, cheios de artimanhas!
Começo a duvidar que estes bichinhos sejam os melhores amigos do Homem. Vós acreditais nisso, mesmo depois de verem estas imagens? Hummm, eu já duvido!

Os meus amigos são dominados pelos vossos animais de estimação? Tomara que não!
 Conheço alguns que são verdadeiros tiranos.


#######################################

27 comentários:

  1. Não tenho animais de estimação desse tipo. Já houve aqui em casa um hamster, um rato branco, pássaros e até um patinho que cresceu demasiado depressa e teve que ir para uma quinta. A minha responsabilidade resumiu-se a fazer lembrar as crianças que deveriam ser responsáveis por eles!
    Conheço alguém que permite que o cão durma na cama! Outra alguém que se denomina “mãe” do cachorro...
    Quem sabe se um dia ainda me dá para ter um cão!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, Catarina!
      Deste 'tipo' ninguém tem porque ninguém quer.:)

      Podes e deves ter um cão, se tiveres tempo para lhe dedicares, senão...

      Beijos :)

      Eliminar
  2. Gostar de animais é uma coisa.
    Entrar no exagero a que assiste todos os dias é pura parvoíce.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, Pedro!

      A mim faz-me confusão como há pessoas que tiram a liberdade aos animais, tratando-os como se fossem bonecos de peluche.
      Enfim...

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Bom, eu não tenho animais de estimação, pois moro num andar, não tenho terraço, e sempre entendi os animais como seres que precisa, muita liberdade, e penso que um apartamento para eles deve ser a mesma coisa do que uma gaiola para os pássaros.
    Provavelmente efeitos da minha meninice, onde os cães que tivemos, sempre correram livres.
    Mas conheço gente que dorme com um gato na cama, e ontem vi no Facebook uma senhora que apresentava o seu cão como o seu filho.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho tido cães e gatos, mas seria incapaz de dormir com eles na minha cama!!
      Andam em liberdade!
      Os gatos são animais muito instintivos, mas não se afeiçoam tanto aos donos como os cães. Sei, por experiência própria, Elvira.
      Quanto a essa sra. do FB, olhe, deve ser aspirante a...e mais não digo!!

      Um abraço!

      Eliminar
  4. Todos os animais que passaram cá pelo galinheiro aprenderam a morar com afecto mas sem "misturas".
    Era o que faltava, ter que partilhar "o poleiro" com um animal sem penas...
    Gosto dos animais e revolto-me quando sei que sofrem maus tratos; trato-os bem sem esses exageros que referes.
    Beijokas embaladas em sorrisos ;)

    §-já vi senhoras passeando canitos em carros de bébé. ö_ö

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já nos apresentaste a tua cadelita - que me fugiu o nome - e sei que gostas de animais, mas sem 'mariquices'.

      Maltratar um animal denota mau carácter. O outro extremo não sei como definir...:)
      Canitos em carrinhos de bebé? Se calhar tinha partido a patinha!
      Também não vamos ser maldizentes, Ó Kok!! :))

      Beijokas sorridentes!!

      Eliminar
    2. Qual perna partida, qual quê!
      Era um desfile num programa televisivo exemplificando o carinho e o amor que tinham pelos seus "pets".
      De cada vez que me lembro ainda fico enjoado. Blherk!
      Beijoka!

      Eliminar
    3. Eheheheh

      Beijokas!!

      Janita

      Eliminar
  5. Os animais, apesar de irracionais, fazem o que lhes for permitido pelos que se dizem donos.
    Continuo a gostar de animais, apesar das imagens.
    A minha cadela nunca fez nem fará uma coisa assim.

    Beijocas, Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Observador, apesar de irracionais?...Eles são é muito espertos!!

      Pois se até os racionais fazem mais do que o que lhes é permitido!!

      Eu também continuo a gostar de animais, não são eles que têm a culpa, né?

      Beijocas, António.

      Eliminar
  6. Janita,
    Há gente para tudo...
    mas... cão, é amigo
    e a um amigo tudo deve ser permitido
    e gato, mesmo que seja dissimulado
    é brincalhão que não se quer assanhado
    Agora... Coelho?!...
    ainda por cima de aviário!
    Há gente para tudo,
    não lembra ao diabo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Rogério, há gente para tudo!

      Até para meter um cão num saco de plástico e enfiá-lo dentro de um contentor, como ouvi hoje, no noticiário! Revoltante!!
      O animalzinho estava uma lástima. Felizmente, houve uma alma caridosa que se apercebeu e o tratou!

      Beijinhos!

      Eliminar
  7. A relação entre o dono e o animal de estimação é muito peculiar....eu adorei os meus três cães, que me deram muitos momentos inesqueciveis é realmente um sentimento muito grande mas tal como com as pessoas, adultos ou crianças temos que os educar e eles aprendem! Um cão só é um incómodo ou transtorno se não for educado, convivi com os meus quinze anos, nunca estragaram nada, nunca atiraram com nada ao chão eram civilizados e podiam andar pela casa toda, dormiam nas suas camas. e sofri muito quando morreram. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Papoila.

      Quando convivemos de perto com os animais afeiçoamo-nos e quando eles partem dói muito.

      Aqui, neste caso, achei engraçadas as imagens e fiz esta brincadeira! :)

      Beijos.

      Eliminar
  8. By the way… “alguém” é masculino!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Querias dizer: "Outro alguém"...Eu percebi, Catarina!!

      :))

      Eliminar
  9. Gosto imenso de animais, mas cada um no seu canto !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então és como eu, Ricardo!

      Abraço! :)

      Eliminar
  10. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, mas cada um faz como entende, né?!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, Graça! Isto tratou-se de uma brincadeira.
      Sei o quanto gostas de gatinhos e admiro muito a tua dedicação e ternura por eles.

      Beijinhos.

      Eliminar
  11. Eu adoro gatos e o meu filho passou toda a vida a pedir-me um gato... mas eu nunca lhe fiz a vontade. Se calhar tenho sido egoísta... mas para me sair um "tirano" na rifa... não muito obrigada! :))

    Beijinhos miados
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não lhe fizeste a vontade, agora já lhe deve ter passado a vontade a ele, Afrodite!
      Acho que agora está mais na idade de gostar de outro género de "gatas"! :))

      Tirano e temperamental é o meu gato, Santiago! E também deve ter um parafuso a menos!

      Beijinhos, amiga!

      Eliminar
  12. Aqueles com que cresci quando era criança e o que a minha irmã agora adoptou - cães, não o eram, nem o é, antes é incrível ver como gostam de nós-

    ResponderEliminar
  13. Aqueles com que cresci quando era criança e o que a minha irmã agora adoptou - cães, não o eram, nem o é, antes é incrível ver como gostam de nós-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, Gábi!
      Os cães são muito dedicados aos donos, também tive um que tinha o olhar mais doce que jamais vi, no entanto, nunca o coloquei a dormir na minha cama nem o tratei com os exageros que estão aqui em causa, nesta publicação, em forma de brincadeira!

      Obrigada, um beijinho!

      Janita

      Eliminar