quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Um Exemplo de Hombridade...


video

Espero que este tenha uma melhor visualização.


Vi este vídeo, pela primeira vez, no blog de um Amigo. Comovi-me até às lágrimas.
Mais tarde, um outro Amigo enviou-mo por e-mail. Guardei-o no meu arquivo e não voltei a vê-lo...
Hoje,  revi-o! A expressão de espanto e  incredulidade bem visível no rosto dos garotos e as suas respostas- que acredito serem espontâneas - levou-me de novo às lágrimas....
Ainda há esperança que no  futuro, a violência - física e psicológica - contra as mulheres, deixe de ser uma realidade constante?...
Oxalá!...


                                                                  
                                                                                     


22 comentários:

  1. Amiga Janita, não consegui ver o primeiro vídeo ( o segundo já conheço) pois o meu pc está mesmo nas últimas .
    Não sei até quando vai resistir, já perdi os marcadores e as imagens que tinha guardadas,enfim tudo tem um fim.
    Presumo que este post tenha a ver com a violência sobre as mulheres, este tema também mexe muito comigo, é um flagelo que cada vez mais aumenta o que é assustador.
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
  2. Que pena o teu pc não te deixar ver o vídeo, amiga Fê! Provavelmente até já o conheces. Eu vi-o no Blog "Devaneios a Oriente" do amigo Pedro Coimbra, há já um bom tempo.
    É simplesmente emocionante a reacção dos garotos, quando lhes é 'ordenado' que dessem uma bofetada numa miúda..
    Quando interpelados pelo motivo porque o naõ faziam, todos alegaram motivos muito nobres, mas o ultimo, num tom sério e compenetrado respondeu:

    "Não, não o faço porque sou um homem!"... Um garoto de onze anos!
    Não há como ficar indiferente a esta demonstração de honestidade e carácter.

    Um beijinho muito grande Amiga. Gostava tanto que visses. Não tens aí em casa outro computador?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Também achei uma delícia quando o vi. Devia passar nas televisões muitas vezes!!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vídeo é muito comovente. Trata-se de crianças e isso mexe com a nossa emotividade, Graça!
      Infelizmente, o mundo está cada vez mais violento. Por tudo e por nada parte-se para a agressão física e/ou verbal.

      Um beijinho!

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Concordo, Mar Arável!

      Seja quem for a vítima, agressão é agressão e violência gera violência.

      Quanto mais a tecnologia avança, mais a civilização retrocede! Enfim...

      Um abraço fraternal e amigo!!

      Eliminar
  5. A reacção dos garotos é fenomenal, não é??
    Que lição!!!
    Publiquei-o há já algum tempo, mas é inesquecível.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, Pedro!
      A primeira vez que assisti a este vídeo foi no seu "Devaneios" e lembro-me do quanto fiquei impressionada.
      Mesmo para quem já conhece é um vídeo que se revê com emoção.

      Beijinhos.

      Eliminar
  6. Já conhecia, mas nunca é demais lembrar ! ,... e reconfortante ver o modo de agir e sentir destes miúdos, com perfeita noção do que é violência gratuita, principalmente tratando-se do outro sexo !

    Bonito de ver, Janita

    Beijinhos e desculpa o "9" ,... sem violência ! rsrsrs ... Ficaste zangada ? ... :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que o vídeo já é sobejamente conhecido, mas nunca é demais recordar, não é Rui?
      Impressionante é como as perguntas, aos garotos, vão sendo feitas e, subitamente, o entrevistador passa do pedido de uma carícia à bofetada.
      Qualquer adulto ficaria perturbado, imagina agora crianças de sete a onze anos.
      Bonito, mesmo, foi o repúdio deles perante o pedido insólito. Como bem dizes, muito bonito de se ver!

      Oh, Amigo Rui, que é isso? Não há para desculpar, foi uma partida numa boa, mas na hora senti-me um bocado defraudada!
      E se reparares, muitos outros participantes seguiram o mesmo palpite.

      Não houve má fé, apenas o intuito de nos pregares uma partida, foi o que foi! :))
      Não, não fiquei zangada....:) Quem consegue ficar aborrecida contigo?

      Beijinhos Rui, fica tranquilo! :)

      Eliminar
  7. Talvez hoje esteja mauzinho mas, por mais adorável que seja, pergunto-me se será uma mostra representativa? Seria óptimo que fosse, haveria esperança… mas infelizmente, na minha opinião, este flagelo não vai desaparecer tão cedo das nossas sociedades… e muito menos deste planeta :(

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. FATifer,

      Que prazer vê-lo por aqui!! Seja muito bem-vindo!

      Quanto à sua opinião sobre o tema do vídeo, claro que não está a ser mauzinho, de modo algum! Pelo contrário, tem até uma visão muito lúcida sobre o assunto.
      A violência doméstica é um flagelo que está a atingir todos os níveis das camadas sociais. E não são apenas as mulheres as vítimas. O contrário também acontece frequentemente.
      Actualmente, nem os idosos escapam à fúria descontrolada de familiares e funcionários de Instituições que os acolhem.
      É doloroso e lamentável ouvir as notícias que relatam casos desumanos, mas não podemos ignorar e olhar para o lado...

      Bom, espero tê-lo por cá mais vezes e aqui encontre temas mais alegres e apelativos!! :)

      Beijinhos e obrigada!

      Eliminar
  8. Janita
    isto é nos países onde reina a civilização com um estado que, apesar de haver falhas, tem estruturas que defendem os cidadãos
    mas coitadinhas das meninas e raparigas noutros cenários de destruição, guerra, miséria, onde, apesar dos abusos e violência, nunca lhes dão voz...
    beijinhos
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Angela

      Mesmo nos países onde reina a civilização - como dizes - não há um sistema judicial eficiente naquilo que é deveras importante: A prevenção!
      Quando uma mulher/homem apresenta uma queixa por agressão e não houver flagrante delito, pouco ou nada acontece, e a vítima fica exposta a represálias por parte do agressor...É complicado!
      De que adianta ter 'voz' quando o sistema judicial falha?

      Beijinhos.

      Eliminar
  9. Já conheço o video, mas sempre que o vejo comove-me!
    A violência mexe demais comigo e tenho imensa dificuldade em lidar ou falar delas.
    Talvez porque a minha filha sofreu de violência domestica durante 14 anos e quando ele pensou pôr um fim, o marido tentou mata-la, estive com ela no hospital dos covões a ver o sangue dela a cair para um recipiente.

    Também, existe o contrário, também há homens a sofrer e as queixas são imensas, violência física e psicológica.

    Tem um bom Domingo Amiga.

    Um beijinho com meiguisse

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Adélia,

      Infelizmente, és uma das pessoas que já lidou com este tipo de violência, embora, de uma forma indirecta mas não menos dolorosa!

      Graças a Deus que o pesadelo terminou!

      Beijinhos e muita paz, Amiga.

      Eliminar
  10. excelente escolha. gostei deveras!

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vídeo é enternecedor, não é?

      Beijinhos! :)

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Uouo Uo

      Não tem de quê! Obrigada, eu!!

      حراج السيارات

      ( não sei o que isto significa, mas deve ser coisa boa ...)

      Eliminar
  12. Muito bom. Raramente se vê em crianças, um menino que bata numa menina. E eu pergunto-me o que faz com que esses meninos, que respeitam as meninas, virem homens que batem nas mulheres.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pergunta muito pertinente, Elvira!

      Se bem que os jovens, entre si, também sejam bastante cruéis, por vezes!
      Esperemos que a paz reine no coração de miúdos e graúdos!

      Um abraço amigo e boa semana.

      Janita

      Eliminar