domingo, 8 de novembro de 2015

NBU * ( II )

Twerking

Sabem o que é?...Eu não sabia!

É abanar o rabo de forma sensual e com os calções mais curtos do mercado, com a desculpa que é uma dança...




Para eles, venham mais modas destas!

O twerk está para os homens, como abanar o saco dos biscoitos está para os cães...Salivarem....Dizem!...

A moda ainda não está muito disseminada por Portugal, porque as portuguesas são meninas de respeito. Obviamente!

Por isso e porque, talvez, não gostem de abanar o pacote, já que o nosso sangue latino anda muito arrefecido pela austeridade.

Quando é bem feito, o twerk e as meninas que o fazem, é sem dúvida hipnotizante.
Os homens conseguem estar horas seguidas a ver um rabo jeitoso a rebolar-se. Também se diz, eu não sei...

É genético e dizem que faz bem à circulação. No entanto,
é uma moda parva, especialmente quando é feito em nome
da não objectificação do corpo da mulher. Não acham?

Ridículo?...Talvez!...
Mas, se gostam, continuem a fazê-lo. Por mim, nada contra!

* Novos Bimbos Urbanos  (Como já é do conhecimento público )


                                            


 Nota da redacção: Quando acharem que isto não tem graça nenhuma, é favor avisar, as publicações sobre este tema serão suspensas. Obrigada.


++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++

27 comentários:

  1. Não é que não tenha graça

    eu vinha é com uma intenção
    e fui apanhado em contra-mão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto sem exemplificar, não tinha graça mesmo!

      Espero que agora não tenha nenhum despiste, Rogério! :)

      Um abraço e boa semana!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Bota canseira nisso, Papoila! :))

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Parece mais uma prova de resistência do que uma dança. Digo eu que já estou velha para estas coisas.
    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqueles glúteos estão bem exercitados, Elvira. Resistem a tudo...:))

      Abraço e boa semana.

      Eliminar
  4. As dançarinas que acompanham os cantores têm muito esse “hábito”. Daqui a pouco tempo, outra moda surgirá. Outras “coisas” serão abanadas.
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina,

      As modas são passageiras, vão umas e vêm outras. De facto, não há cantor que não tenha uma coreografia composta por meninas a abanar tudo o que abana!! E é se querem ter assistência...:)
      Fico a aguardar a última moda de "coisas" a abanar...

      Beijinhos
      :)

      Eliminar
  5. A minha colega não abana.
    Mas vem trabalhar com metade do rabo de fora.
    Convenhamos que é um comportamento muito pouco profissional.
    Como não sou chefe dela....
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa moda de andar com as calças a cair, a meio da barriga, deixando à mostra o fio dental, também já passou por aqui.Se fossem dançar assim vestidas, imagine o que seria!
      Fico admirada de os chineses serem tão permissivos. Por cá não podem estar a trabalhar nessa figura, em determinados cargos! :))

      Beijinhos!

      Eliminar
  6. Janita, achas que qualquer coisa me faz ... salivar?
    Não estão em causa as mulheres que 'dão ao rabo' mas sim a forma como o fazem.
    Cansativo, só de ver.
    Beijinhos, amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, meu Amigo...Eu sei que não! Tu és um homem que não salivas com facilidade.
      Olha, concordo contigo! Essa menina daí, até me deixou cansada só de ver aquele rebolanço. Arre! Que motor turbo! Nunca tinha visto semelhante coisa.
      Beijinhos, Amigo e desculpa lá o mau jeito!

      Eliminar
  7. Querida amiga Janita,

    Acho estas tuas publicações muito interessantes, até porque gosto de saber as novidades do mercado :)
    Agora se as aprecio ou não é outra história. Esta sinceramente acho muito "explícita" para o meu gosto. Mas se dá prazer a quem as faz e a quem as vê, não tenho nada contra isso.

    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Fê,

      Se tu que és uma mulher toda vanguardista achas que isto é demasiado 'explícito' para ti, imagina para mim...:))

      Lembras-te daquele post com os versos do Villaret, em que eu dizia que por causa daquele : "Ó minha descaradona /Tira a roupa da janela/ Que essa camisa sem dona/ Lembra-me a dona sem ela"...
      Nunca pus a minha lingerie a secar à vista de olhos estranhos?

      Nunca me vou esquecer o que me ri com a tua resposta!! :-))

      Beijinhos e um grande abraço!

      .

      Eliminar
  8. No Outono quase tudo cai

    folhas máscaras
    até felizmente o desgoverno

    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Mar Arável.

      E no Outono da vida, então é que é ver tudo a descair...

      Beijinhos

      Eliminar
  9. Aprecio e gosto de ver mas sem qualquer imitaçõn canina, pois eu não fico de língua de fora qual "boby" à vista de um biscoito.
    E, bem vistas as coisa, o que é que esta dança (é uma dança, né?) tem de novo?
    Já foi divulgada com véus, com campainhas, com umbigos à mostra, e de outras formas que desconheço mas certamente que existem.
    A finalidade é tentarem os homens?
    Com certeza, porque para tentarem mulheres, cavalos ou morcegos não é!
    O que se pode perguntar é o porquê de tanto esforço pois para tentar um homem basta um olhar e um sorriso; um leve aceno de cabeça não chega a ser necessário.
    Posso estar errado, mas acredito que as danças eróticas foram inventadas pelas mulheres para atraírem o homem por quem se interessavam. Depois foi um evoluir vindo a ser aceite sem problemas de maior e daí explicar as danças de varão (mais ou menos despidas), públicas e/ou privadas.
    E vamos lá ver, uma mulher "emboneca-se" com que ideia? Não é para agradar ao namorado (real ou em perspectiva) ao marido/companheiro ou ao "outro"?
    Exercitar os glúteos não é assim tão reprovável (eu acho).
    Quem sabe o que eu faria se fosse mulher... (eheheheeeehhhh)

    Beijokas dançando com sorrisos :-)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vais com um lanço, Ó Kok!! Hoje já não me sinto com capacidade de resposta para ti...volto amanhã, está bem? Não leves a mal, mas por hoje tenho de encerrar .:))
      Amanhã? Mais logo, pois já passa das 24 horas...Beijokas e um sorriso.
      :-)

      Eliminar
    2. Como o prometido é devido - por vezes até de vidro - cá estou eu à noitinha ( como é hábito ) para te dizer, Kok...nem sei mais o quê!!
      Pois, que esta dança pode ser como a do ventre, a dos véus, do varão e eu sei lá que mais!
      Não recebo nada de danças sensuais nem eróticas, mas sei que as há...:)
      No fundo acho que todos estes mitos urbanos, não passam disso mesmo...MITOS!! :-))
      O que farias tu se fosses mulher?? Sei lá! Nem tu sabes nem saberás::)

      Beijokas, Kok, fica bem! Isto hoje está pior do que ontem...:(

      Eliminar
    3. E hoje? Melhoraste? Vá lá "arriba-te" aproveitando este dia de Sol que o "Martinho" (quase) sempre trás com ele, mais as castanhas e o vinho novo.
      Li por aí: ri quando estás triste porque chorar é fácil demais.
      Quem disse/escreveu tal coisa não sei; talvez alguém que não gostasse de chorar mesmo se estivesse triste.
      Se achares bem, ri-te também!
      Beijokas num rodopio de sorrisos

      §- eu também nada sei das danças eróticas; só digo o que ouvi dizer... ö_ö

      Eliminar
    4. Hora a hora, Deus melhora, Kok!! Valha-nos isso!!

      Vê lá tu o meu azar, andei a comer castanhas durante a semana passada, hoje que era dia das comer e beber a jeropiga, não como nem bebo nada. Esqueci-me de as comprar...
      E quem te disse que estou triste? Sou mais de andar com a neura...Mas depois passa!

      Que te saibam bem as castanhas assadas, a ti e à tua ga(Lina. Eu, se me apetecer muito, posso é tomar um cálice de vinho do Porto, para não deixar passar o dia em brancas nuvens! :)

      Beijokas e muitos sorrisos, alegres, para compensar...:))

      Eliminar
  10. Estamos sempre a aprender: não fazia a mínima ideia do que fosse esse twerking... Mas não me parece que alinhe nessa "moda"!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem duvides, Teté,

      A vida é uma aprendizagem constante...:)

      Estas 'coisas' não são para nós alinharmos, é apenas para ficarmos a saber das novidades que pululam por esse mundo afora..

      Beijinhos!

      Eliminar
  11. Provoca, agora, o mesmo que o Rock and Roll provocou noutra época. Entranha-se!...

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deves ter razão, SOL...

      Há coisas que se estranham e depois se entranham! Ainda que já não sejam para nós, vemos e aceitamos como sinais dos novos tempos!

      Também, nos anos 60, quando dançava o rock and roll, não via a minha Mãe a querer dançar essa dança 'maluca'...Lá está!! :)

      Beijinhos!

      Eliminar
  12. Publicações como esta suspensas porquê, Janita ? ... hehehe
    Eu sou franco e confesso que fiquei cansado só de ver com os olhos à roda e "imaginar" ... uuuuffffaa !!!
    Ainda não conhecido o Twerk, mas gostei ! :)))

    :)) ... Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui,

      Como ninguém se manifestou contra e há dois votos a favor - o teu e do Kok - as publicações NBU, terão seguimento.
      Mas já não lhes vou dar baile!!

      Fiquei contente por teres gostado. apesar de teres sentido cansaço. É assim uma espécie dos teus enigmas, Amigo. Uma dança que nos põe a cabeça à roda!! :))

      Beijinhos!!

      Eliminar