terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Chova ou Faça Sol...

...Milagres acontecem. Mas, nem sempre os Anjos podem esperar.

Sylvia Path-autora do poema:
Black Rook in Rainy Weather 

Corvos - Torre Negra - Desejo - Pedido.


Que este convívio na blogoesfera continue a fazer parte de uma vida intensamente vivida. 
                               

Espero!


**************************************************

30 comentários:

  1. Porque é que corvos e lobos são sempre os maus da fita?



    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo, não são não!

      Gosto de lobos e, apesar dos corvos terem uma simbologia negativa e agourenta, gosto do negro das suas penas.
      Conheces esse poema da Sylvia Path?

      Beijinhos e abraços.

      :)

      PS- Este post também simboliza um pedido. Espero que seja atendido e entendido!!

      Eliminar
  2. Este convívio faz parte das nossas vidas! Penso que o viveremos intensa e paralelamente ás nossas vidas cheias de altos e baixos mas com a alegria de sabermos que cedo ou tarde durante o dia por aqui estará alguém com quem teremos estas pequenas conversas.
    É o que eu penso, Janita! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pensas o mesmo que eu, Papoila!
      É por isso, quando um blog que gostamos imenso de ler e com o qual aprendemos muito, se afasta da blogosfera, deixa um vazio enorme.
      Tenho tanta pena!
      Pouco a pouco vamos ficando mais sós.

      Obrigada, beijinhos!

      Eliminar
    2. O pior é quando a autora do blogue morre.

      Nunca mais esqueci o Artista Maldito.

      E ainda há muito pouco tempo, apanhamos um susto dos diabos. Felizmente, agora tudo bem.

      Beijinhos solidários para ambas.

      Eliminar
    3. Ematejoca, quando acontece uma fatalidade, irreversível, temos que nos conformar.
      No caso de abandono, é diferente.

      É verdade. Ainda há pouco apanhamos um grande susto, sim!
      Nem me quero lembrar das lágrimas que chorei e da aflição que senti.

      Um beijinho para ti, Teresa.

      Eliminar
  3. Enquanto eu puder, vou continuar.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz bem, Elvira. E que possa continuar por muitos e bons anos.
      Os seu contos são uma leitura imprescindível, na blogosfera.

      Um abraço amigo.

      Eliminar
  4. Um belíssimo filme e uma enorme interpretação do Tom Hanks. Corujas, nem por isso, mas lobos acho amimais nobres. E até sei o que é ver um lobo, de noite, não muito longe de mim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vi este filme umas três ou quatro vezes, José. De cada vez que o vejo é como se fosse a primeira. Impressionante, de tão emotivo!

      Este post parece, à primeira vista, uma miscelânea incompreensível, mas, no fundo, tudo se encaixa e prende à volta de uma vontade minha, e não só! :)

      Verdade que já esteve, de noite, muito perto de um lobo?
      Ao contrário dos lobos humanos e carniceiros, esses só atacam quando têm fome.
      Obrigada, pela companhia...

      Eliminar
  5. Que lindo, Janita!! Gostas mesmo de nós... Também gostamos muito de ti... Não é nenhum milagre, não senhora!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Graça, claro que gosto mesmo de todas/os vós. Saber que me retribuis o afecto é muito gratificante.
      É milagre, sim! E, imagina, já se começou a vislumbrar uma Luz ao fundo, muito ao fundo.
      Costuma dizer-se que o «medo» é que guarda a vinha. Parece-me que neste caso vai guardar a continuidade do blogue.
      Tomara!!

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Nem sei como poderia substituir este convívio blogosférico. A primeira coisa (umas das...) que faço quando chego a casa é ligar o computador e dar uma olhadela pelas atualizações... : )
    Depois do jantar, comento. E que prazer isto me dá!!!
    Grande abraço para os amigos e amigas da blogosfera!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fui, aqui, na blogosfera, muito feliz, Catarina!
      E espero continuar a ser, apesar de alguns pesares...

      Grande abraço também para ti, amiga virtual!!!
      :)


      Eliminar
  7. Sinto que és minha amiga
    e por isso sou teu amigo
    Sinto que sou teu amigo
    e, serás minha amiga,
    também por sentires isso

    Na amizade
    há sempre reciprocidade

    Milagres, só nos filmes
    e esse eu vi trezentas vezes
    sempre disponível para voltar a ver

    Um dia destes terei de o fazer

    ResponderEliminar
  8. Sobre a blogosfera?
    É um caderno diário
    e uma janela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Rogério, quando desejamos muito algo que julgamos ter perdido e isso nos parece impossível de alcançar, por não estar na nossa mão encontrar a solução, chamamos 'milagre' a essa concretização. Não precisa ter nada de Divino nem se revestir de misticismo, mas é quase como se fosse! :)

      É muito bela esta janela, aberta para o mundo e que se chama blogosfera!

      :)

      Eliminar
  9. Têm saído da blogosfera alguns bloggers que acompanhava fielmente.
    Respeito, mas tenho pena que assim seja.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha lista, mais de metade estão inactivos, Pedro!

      Também se dá o caso de haver bloguers que se cansam, mudam o nick name e criam outro blog. Conheço um que já mudou imensas vezes, mas acabo sempre por reconhecer, pela forma como escreve.:)

      Beijinhos.

      Eliminar
  10. SYLVIA PATH é uma das minhas poetisas preferidas. Um figura trágica da literatura mundial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu somente a conheci há pouco tempo, Ematejoca. E gostei.
      Neste poema, que refiro acima, a autora usa de metáforas celestiais, usando palavras como milagre, anjos e luz, para descrever as suas próprias emoções.

      Estamos sempre a aprender!!

      Um abraço

      Eliminar
  11. Um filme soberbo que não me canso de rever amiga Janita.
    Sim, milagres acontecem e pode ser que o teu pedido chegue ao céu.
    Para mim a blogosfera é como a minha casa, onde recebo quem gosto e retribuo a visita.

    Um beijinho minha amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acreditar não faz mal, não é amiga Fê?

      Acho que não preciso de tanto, ou seja, que o meu pedido chegue ao Céu. Basta que chegue a quem de direito e por direito, tem o poder de fazer acontecer.
      Parece que sim...:)
      Na verdade, estes nossos cantinhos são um pouco como a nossa casa. Visitam-nos quem gosta de nós e retribuímos as visitas, em nome da mesma amizade. Reciprocidade, como diz o Rogério.

      Um beijinho grande amiga Fê. Obrigada.

      Eliminar
  12. Amanhã vou procurar o poema
    um beijinho e boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um filme que tocou fundo a todos quantos o viram, Gábi.

      Quanto ao poema, acho que vais gostar.:)

      Tomei conhecimento da poetisa e do poema através do blog, felizmente, 'renascido'...:)

      Beijinhos.

      Eliminar
  13. Estive a ouvir o poema aqui:
    https://www.youtube.com/watch?v=LioRmN7u2iU
    gostei, obrigada :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo link do vídeo, Gábi. :)

      Beijinho

      Eliminar
  14. Lamento dizer que não há milagres. Só mal entendidos. E este convívio continuará. Mas tudo acaba. Ainda bem que já consegui alegrar a malta com o meu optimismo. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És realista, Daniel.

      Na verdade tudo acaba, mas é bom enquanto dura. :)
      Logo, vamos aproveitando, né?

      Eliminar