quarta-feira, 11 de outubro de 2017

DAS FLORES.




O Velho e a Flor

Por céus e mares eu andei 
Vi um poeta e vi um rei 

Na esperança de saber o que é o amor 

Ninguém me sabia dizer 
E eu já queria até morrer 
Quando um velhinho com uma flor 
Assim falou 

O amor é o carinho 
É o espinho que não se vê 
Em cada flor 
É a vida quando chega sangrando 
Aberta em pétalas de amor.




Poema de Vinícius de Moraes

Foto Minha 



                                 

******************************

29 comentários:

  1. O Vinicius é mesmo especial!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era especial, sim, Papoila!
      Um grande poeta e interprete.

      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Um mimo de poema e de foto também. Ficou muito bonito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pela parte que me toca, obrigada Luísa! Em representação de Vinícius, idem! :)

      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Lindíssima partilha ,muitos beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito grata e votos de inúmeras felicidades também para si, Emanuel!

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tão belo! Obrigada pela partilha.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem de agradecer, querida Elvira.
      Partilhar é a ordem natural das coisas.
      Um forte abraço.

      Eliminar
  5. Estás apaixonada. Ultimamente só falas em amor!! : ))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto houver um sopro de vida em mim, estarei sempre apaixonada, por quem ou pelo quê não importa, Catarina. :)

      Beijinhos

      Eliminar
  6. A Catarina faz uma pergunta ou uma afirmação???
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Catarina não sei, Pedro, mas eu já respondi por ela.:))

      Beijinhos.

      Eliminar
  7. e é tão bonita a música cantada por ele!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Laura!
      Obrigada por me lembrares. :)
      Quando fiz a publicação tive várias interrupções com falhas de acesso à Net e, quando finalmente consegui publicar, acabei por me esquecer de colocar o vídeo.
      Já está aí a canção.:)

      Beijinhos, obrigada.

      Eliminar
  8. Pelas ruas dos amores caminhamos sem cansaço, dias e noites, meses e anos, sempre com a esperança de o encontrarmos.
    Às vezes parece que sim e outras tantas vezes mais parece que não.
    E por entre todas e tantas vezes lá encontramos o que procuramos.

    Beijokas com sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Amigo, o verdadeiro Amor não se procura, não se compra nem se vende, acontece simplesmente.
      Mas amores há que nos marcam pelo sonho, esses, ainda que sejam só nossos, ficam para toda a vida.

      Beijokas sonhadoras.

      Eliminar
  9. Toquinho e Vinícius, que grande duo! E quanto bem eles abordaram o tema do amor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Esse tema tão especial,fonte inesgotável de poetas e trovadores!

      Um beijinho, José. Obrigada por ter vindo até cá. :)

      Eliminar
  10. o Amor está de parabéns, Janita!
    bonita partilha :)
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Amor sempre estará de Parabéns, querida Ângela! :)

      Beijinhos e Obrigada. :)

      Eliminar
  11. Vinicius uma dos melhores do Brasil. Gostei Janita !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu fico imensamente contente por teres gostado, Ricardo!
      Obrigada.

      Um abraço.

      Eliminar
  12. Hoje, aqui no Brasil comemoramos o dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e o dia das crianças.
    Vim para lhe deixar um abraço, com esse pensamento.
    Nunca deixe a criança que existe dentro de você desaparecer, porque um pouco de inocência é bom .Se quer permanecer jovem, só tem um jeito, conserve viva a criança que existe dentro de você, um coração cheio de amor, se interesse pelas coisas que acontecem, perdoe, se alegre com as mínimas coisas, esqueça as ofensas, as tristezas e as quedas, sorria mais, tenha sempre um coração disposto a amar, abraçar o mundo inteiro, um coração que não se apequena e não se esfria.
    Enquanto conservar calor no coração, a alegria de viver, não envelhecerá.
    Que Nossa Senhora Aparecida lhe cubra de bênçãos e que essa criança que existe dentro de você permaneça viva e feliz. Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Profª Lourdes Duarte.

      Sensibilizada por tão doces palavras agradeço reconhecida a sua terna visita.
      Acredite, jamais deixarei morrer a criança que há em mim.
      É ela que ilumina a minha existência.
      Bênçãos também para si.

      Um beijinho e obrigada.

      Eliminar
  13. O Amor, esse sentimento com pétalas lindas e espinhos escondidos.
    A alguns nasce selvagem, como as flores silvestres.
    O melhor de tudo é que é sempre Amor, ainda que um ou outro espinho no caminho capaz de ferir pontualmente, é sempre pela flor que estes "nascem".
    Basta-nos regressar de novo às belas pétalas perfumadas, beber do néctar primordial e aguardar que a "ferida" sare.

    Obrigada por este belo momentinho.

    Infinitos perfumados ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rainha, querida Rainha minha...e o espírito do Amor vai continuar. Até quando?
      Como diria Firmino Ariza:

      'Por toda a vida'! :)

      Grata por tão belas palavras, Rainha Minha!

      Com uma vénia d'Amor,
      aceite um beijinho, desta humilde plebeia.

      Eliminar
  14. Por semana, quantas vezes rega as plantas?
    E as flores desta espécie duram muito tempo, ou são efémeras como aquelas flores que só duram um ou dois dias?
    :-)

    Mas vou falar da fotografia, porque é isso que realmente gosto.
    A fotografia não ficou bem, mas também não ficou mal.
    Em termos de enquadramento, a fotografia está inclinada. Em termos de detalhe, devido à falta de luz, ficou algo desfocada/tremida. Sendo que é difícil de descobrir onde está o ponto de focagem.
    Pontos a melhorar:
    Enquadramento - ter atenção às inclinações.
    Controlo da luz - Nem que para isso tenha que colocar um candeeiro acesso à beira do objecto que quer fotografar.
    ;-)

    Esta foi a aula número dois.
    :-D

    ResponderEliminar
  15. Remus, Remus...
    Esta planta não necessita ser regada. :)
    É daquela espécie que dura e dura e dura, até nos fartarmos e a deitamos fora. Mas, sagaz como é, a pergunta já denota que o sabia! :)

    Bolas! Assim nunca mais aprendo nada de jeito, tem de vir cá mais vezes, Remusinho. Engraçado, agora olhando bem também acho que a fotografia parece inclinada, ou melhor, na verdade o que está inclinado é o apoio das flores. Tenho de estar mais atenta aos pormenores e ao enquadramento, lá isso tenho.
    Valha-me Deus, quanto custa aprender uma arte...Obrigada pela paciência!

    Vá apontando as aulas na minha conta. :))

    Abraço! :)

    ResponderEliminar
  16. Ai flores ai flores de... dizia o...e o Vinicius também. Muito bem.
    Cara Janita há coisas do camano... deixa a gente de as regar e murcham.
    Por via disso estou feito num oito embora me tenha garantido,a jardineira ou anjo, que revigorará. A minha, claro está. Estou em convalescença.

    Bj.

    ResponderEliminar