domingo, 7 de janeiro de 2018

SONHAR PELOS DOIS.





Sou mais feliz, quando penso,
E peço a Deus que tu penses
Que és minha, já me pertences,
E eu também já te pertenço.
E neste desejo imenso
De te ter à minha beira
Pressinto a luz verdadeira
Desse tal dia risonho,
P’ra que se acabe este sonho
Senão, sonho a vida inteira…



Escrevi isto há já alguns anos - bastantes - como comentário, já não me recordo onde. Sei que foi num blogue que tinha publicado o poema "Gentil Camponesa" de  António Aleixo. 

Escrevi-o, baseando-me no espírito da última estrofe do poema. Sem que  procurasse fui encontrá-lo hoje, numa das pastas do meu arquivo.  Gostei tanto deste encontro, que resolvi fazer uma publicação deste meu raro momento de inspiração. Espero que também vos agrade. 



:)


41 comentários:

  1. Fizeste-me lembrar a Amar Pelos dois!! impossível, em minha opinião.
    O cometário até está, se calhar, e em relaçao ao poema de António Aleixo, bem relacionado, não o fui ler.
    Mas também te digo, ninguém pertence a ninguém, digo eu claro :)
    Bom Domingo Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E achas que escrevi o título a pensar em quê, oh Dona Mena? :)
      Claro que ninguém é de ninguém, em princípio todos somos seres livres, mas este 'pertencer' é em sentido figurado. Se dizemos: a «minha» filha, o «meu» marido, é porque o sentimento de pertença é importante na vida das pessoas. Tá?...;)

      Beijinhos, bom Domingo.

      Eliminar
    2. Ok Ok, não é preciso me bateres:))

      Uma pergunta em ralação aos fretes que não faço *)

      Como exclues alguém aqui no blogger. Já andei a ver e nao encontro como se faz:(

      Se souberes agradecia.
      Obrigada Boa terça.

      Eliminar
    3. Pois... isso é fácil Janita, excluir os comentários, mas eu referia-me a excluir Peaple :) aqui no blogger não dá a não ser que o blog seja privado. De qualquer das maneiras obrigada. Jokas

      Eliminar
    4. Excluir pessoas do blogue, não percebo. Se tens moderação de comentários, só lá entra quem tu quiseres.
      Já fiz asneira, sem querer apaguei o meu comentário.
      O melhor é não bulir demais com isto que já não anda nada bom...Blogue privado? Que piada é que isso tem?

      Eliminar
  2. Bom dia Janita. O Título já diz tudo. o texto está fabuloso. Parabéns.

    Deslaço memórias, d'amor ausente.
    .
    Bjos
    Bom Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Larissa.

      Nada como uma poetisa para compreender uma alma poética! :)

      Ah...os amores ausentes...lá irei com muito gosto.

      Beijinhos, bom Domingo.

      Eliminar
  3. É o fado dos sonhos não realizados. São para sempre sonhos.
    :)
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem nasce com este fado...outro fado não terá, Luísa.

      Haja alma que aguente tanto sonhar! :))

      Beijinhos. Bom passeio de Domingo.

      Eliminar
  4. bom dia
    não são precisos muitos versos para dizer muita coisa linda.
    soberbo , parabens
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Joaquim.
      Muito obrigada.
      De quando em vez, lá se chegam a mim uns arroubos de inspiração. :)

      Um abraço, bom Domingo, boa semana.

      Eliminar
  5. Maravilhoso querida amiga ,desejo-lhe um domingo muito abençoado ,beijinhos no coração felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maravilhoso é o meu querido amigo, Emanuel.

      Um beijinho e um bom Domingo.

      Eliminar
  6. Tão, mas tão bonito! Parabéns. Adoro essas flores, escapa-se o nome delas. :-))

    Beijinhos e um excelente Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cidália. :)

      Eu chamo-lhe narcisos, ou, pelo menos, pertencem à família; no meu quintal/jardim tenho-os brancos (estes) e amarelos.
      São flores de Primavera como pode ver aqui:

      http://francis-janita.blogspot.pt/2017/03/ode-primavera.html?m=1

      Beijinhos, bom Domingo.

      Eliminar
  7. Agradou-me!!
    Bjos e boa tarde de domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Boa tarde de Domingo e boa semana, Catarina.

      Beijinhos.

      Eliminar
  8. A mim agradou-me Muito.
    Ainda convalescente mas graças a Deus bem melhor, estou de volta.
    Abraço e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente Elvira.

      Desejo as suas rápidas melhoras.

      Um abraço, boa semana.

      Eliminar
  9. Como diria o velho almirante Thomaz, apenas um adjectivo: gostei.
    bji.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOl...esse, era cada tiro cada melro!! :)

      Mas se o José aprovou, está aprovado!!

      Beijinhos

      Eliminar
  10. A pertença exclusiva é tirania
    A pertença reciproca é mutua dádiva

    Eu e a Teresa além de sonharmos
    praticamos

    (claro
    que foi de meu agrado!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos necessitamos desse sentimento de pertencer a alguém ou a algum lugar, Rogério.
      Nada há de mais angustiante do que alguém sentir-se apátrida de afectos. :)

      Que bom ter-lhe agrado! :)

      Eliminar
  11. Agradou muito.
    Como é hábito.

    Sabe o que é que há hoje lá para os meus lados?
    Um elogio aos nossos compadres, atão qu'houvera de ser??!!

    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estive no seu espaço, Pedro.
      Não sei é se o meu comentário ficou.
      Ando com muita dificuldade em comentar, até aqui, no meu canto. Será que me entrou algum vírus?
      Ando a ficar desmotivada em comentar no blogspot.( ou lá o que é) :(

      Um beijinho, boa semana.

      Eliminar
  12. bonitas palavras, bem encadeadas no seu sentido.
    boa semana, Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Mia.
      És um doce!!

      Beijinho, boa semana

      Eliminar
  13. e escreveste bonito, Janita :)
    boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vindo de uma pessoa que escreve tão bem, é motivo de grande contentamento, querida Laura.
      Acho que sou uma pessoa de extrema preguiça mental, sabes? :)

      Boa semana, beijo.

      Eliminar
  14. Claro que é gostável, diria mesmo sublimente gostável! :)
    Muitos parabéns, deixo a minha grata vénia pela partilha
    Excelente semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostável...também gosto de inventar palavras, Victor!

      Obrigada, mas vénias não! :))

      Um abraço e votos de excelente semana.

      Eliminar
    2. Todas as palavras do dicionário foram inventadas/criadas por alguém, para com um determinado significado ou objectivo linguístico, por assim dizer, aplicável à vida real; pelo que por mim e em alguns casos dou-me ao trabalho de ir ao dicionário confirmar a existência duma palavra ou não, em especial se a mesma me soar bem, mas me suscitar suspeitas relativas à sua existência, desde que sabendo eu ainda existirem alternativas à mesma, mas que no entanto estas últimas não me soam tão bem em determinado contexto. Ainda que noutros casos, como no relativo ao presente "gostável" aplicado ao contexto em causa, nem sequer me preocupei confirmar se já existia ou não, pois que o soar-me bem neste caso chegou, mas se não existindo a mesma previamente à minha utilização/invenção da respectiva, desde já reclamo os meus correspondentes direitos de autor ;)))

      Abraço, resto de excelente semana

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Três lindos não serão demais, Gil?
      Acho que sim!! Mas agradeço, claro.:)

      Claro que quero ler...leio-o sempre.
      Sair o comentário é que deve ser mais difícil.

      Sabe que há blogues de amigos onde tenho de comentar como Anónima?. Ando a ficar verdadeiramente desmotivada. :(

      Um abraço.

      Eliminar
  16. Belos narcisos.
    Antigamente, no meu jardim, existiam muitos. Mas nos últimos anos já não os tenho visto. Cá para mim eles emigraram...

    A fotografia está bem tirada. Este enquadramento do alto resultou bem. Mas num dia que a Janita queira vergar a espinha, irá verificar que enquadramentos de ângulo baixo também resultam muito bem. E se aliar isso à posição e ângulo do sol, irá muito provavelmente ter uma boa surpresa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só o Remus para me fazer soltar uma boa gargalhada!
      Ehehehe....Oh, meu Deus...eu que preciso tanto de sopas e descanso, agora vou ter de "vergar a espinha"?
      OK, um dia vou experimentar, obrigada plas dicas! :)

      Um abraço, boa semana, Remusinho. ;)

      Eliminar
  17. Bonito o pensamento.
    Costumo dizer que me cansa pensar.
    Tenho medo de um dia querer pensar e esquecer de o fazer.
    Quanto à foto o Remus mandou a Janita "vergar a espinha".
    É louco e não é pouco :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, DiDa, que prazer vê-la aqui neste meu espacito! :)

      Também me considero com muita preguiça criativa, não tenho muita paciência para pensar demais. Acho que já dei o que tinha para dar...
      Pois, o Remus é uma companhia excelente, com uma dose de loucura invejável.
      Hoje não está nos seus dias...porque será?

      Beijinhos, DiDa, apareça sempre.

      Eliminar