sábado, 21 de abril de 2018

POR UMA PAPOILA.




Esta linda papoila de uma magnífica cor rosa-lilás, que eu não conhecia, foi uma gentil oferta  da Luísa do blog "À Esquina da Tecla", a quem dedico este singelo poema.
Obrigada, Luísa! :)



Não a façam sofrer.
Não olhem a nudez da sua cor.
Se a quiserem ver
Adivinhem de longe o seu pudor.

Olhos nos olhos, não:
Cora, descora, agita-se de medo,
E é todo o desespero e a solidão
De ter na própria vida o seu degredo.

É uma donzela que não quer casar.
Veio ao mundo viver
A beleza gratuita de passar
Sem nenhuma paixão a conhecer.


«Por Uma Papoila» Poema de Miguel Torga





****----****

23 comentários:

  1. Vinha-te falar de cravos vermelhos
    Papoilas?

    Que sejam então papoilas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E foram papoilas. Nem rosas nem cravos...

      Obrigada, Rogério!

      Eliminar
  2. Que bonito. Tenho a certeza que a Luísa vai ficar contente. Adorei. Esta cor também não conhecia :))Bom dia.

    Hoje:- O teu convite surreal.

    Bjos
    Votos de um bom Sábado


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom Domingo e obrigada, Larissa.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. A papoila já conhecia, vi algumas em miúda na Seca, O poema não conhecia, e adorei ouvir o António Zambujo
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só conhecia papoilas vermelhas, Elvira!
      Quem sabe por serem papoilas alentejanas?

      Abraço, bom Domingo.

      Eliminar
  4. Uma bonita papoila e uma forma de agradecimento à Luísa.
    Gostei do poema e da música.

    Bom fim de semana

    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom Domingo, querida Manu!

      Obrigada, beijinhos.

      Eliminar
  5. Gostei muito, Janita !
    Aliás, mais que gostar, adorei, ... adoro estas homenagens, simples, singelas, que se prestam aos nossos amigos da blogosfera !!! É lindo apreciar as manifestações de reconhecimento e amizade !

    Não podia, por isso deixar de, também, ficar grato à Luisa !

    Bom fim de semana e beijinhos às duas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Um abraço grato, querido Amigo!

      Beijinhos, bom Domingo.

      Eliminar
  6. conjunto completo em cor e palavras.
    bom fim de semana, Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um beijinho, Mia.
      Obrigada, bom domingo.
      :)

      Eliminar
  7. Excelente homenagem!! Parabéns, Janita!!

    Especial:-No meu cavalo domado, galopando. {Poetizando}
    .
    Beijinhos e um bom fim de semana


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cidália, bom domingo!

      (domou um cavalo? Fantástica proeza.)

      Um Beijinho

      Eliminar
  8. Riquíssima partilha querida amiga desejo-lhe um abençoado domingo ,muitos beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo grata por tudo, Emanuel.

      Beijinhos, bom domingo e excelente semana.

      Eliminar
  9. A papoila tem o tom vermelho, rubro da festa em brasa.
    E, no verde manso do trigal - se aparece
    É o grito que contesta a cor certinha o ondular cadente
    ao toque do tempo - compassos do vento!...
    É a gargalhada insólita, inesperada
    que desfralda a revolta recalcada !
    E... a papoila sabe!
    Cativante! - Erótica, ao tacto macia...
    tem toque de pele - morna como um ventre ...
    tem toque de seda - um mole de veludo
    - Um nada de cada - um pouco de tudo ...

    Assim disse Maria José Rijo de quem copiei esta Papoila.
    Eu gosto de papoilas e gosto tanto delas que sabendo-as tão frágeis receio tocar-lhes na pétalas com medo que se percam, que morram, ao separarem-se do corpo que lhes dão a vida.

    Beijokas semeadas com sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que poema tocante e lindo me trazes, Kok!
      Deixaste-me de olhos molhados.

      Muitíssimo grata pela tua vinda ao meu cantinho, meu Amigo, que já sentia falta das tuas palavras amigas. Ele, e eu! :)

      Beikokas sem ópio, mas com a rubra cor da saudade.

      Eliminar
  10. Oh... Muito obrigada Janita! Não conhecia o poema e também acho que nunca tinha ouvido a canção. Tudo lindo.
    Um beijinho e uma boa semana para ti. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico muito contente por ter sido tudo de teu agrado, Luísa! :)

      Um grande beijinho, com votos de excelente semana. :)

      Eliminar
  11. Há uns tempos que não partilho fotos das sempre muito fotogénicas papoilas, cujo esta rosa-lilás é muito sui generis e que também eu desconhecia enquanto tal.

    Bonita a dedicatória

    Excelente semana para a Janita, com extensão à Luísa e a quem mais de bem aceda a este espaço!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito grata, Victor.

      Em meu nome, da Luísa e de quem por aqui passa, o meu sincero obrigada!

      Um abraço amigo.

      Eliminar
  12. Prometeste e cumpriste!
    Ficou linda a tua homenagem/agradecimento. E a foto da Luísa também.
    Aconteceu-me uma coisa curiosa no fim de semana passado, quando a minha cunhada, sem vir sequer nada a propósito, vira-se para mim e diz: sabes que fui passear à beira rio e vi umas papoilas lindas? Eram de uma cor lilás, muito bonitas! Se puderes passa por lá para veres." Fiquei espantada com a coincidência e até lhe mostrei a foto lá no blogue da Luísa e os vários comentários que davam conta que não é de facto uma cor muito comum. Não pude passar logo de seguida no tal local onde ela as avistou... e só passei por lá hoje. Infelizmente já não havia vestígios de nenhuma flor.

    Beijinhos às duas
    (^^)

    ResponderEliminar