terça-feira, 3 de julho de 2012

UMA MULHER DE SORTE.

Talvez um dia me sinta com coragem suficiente para falar detalhadamente sobre a aflição porque passei nestes últimos seis dias, que me pareceram uma eternidade.  Neste momento só quero salientar que tenho a certeza que devo a vida ao meu enfermeiro de família, com quem tinha uma consulta marcada na quarta feira dia 27 de Junho, para uma visita de rotina para controlo da diabetes. 
Uns quinze minutos antes, havia sentido uma dor terrível no peito, desfalecimento nos braços, náuseas e suores frios.  Quando lhe contei o que me tinha acontecido e não ter sido essa a primeira vez que  a dor no peito me afligia, esta sua frase e a sincera preocupação que lhe notei no tom de voz, foi decisiva para que eu seguisse o seu conselho:

- Eu vou ficar mais contente e tranquilo se a a senhora for imediatamente à urgência do Hospital e adiarmos esta  consulta, da diabetes,  do que se ficar à espera que lhe repitam esses sintomas e faça um enfarte de miocárdio. Olhe que mais vale prevenir do que remediar... 

Foi isso que fiz! E, após vários exames de rastreio, já não me deixaram  sair do Hospital , apesar dos meus protestos, alegando que já não me doía nada. Mas para isso eu teria de assinar um termo de responsabilidade. Vi que a coisa era séria e rendi-me à evidência ds factos. Fui internada na Unidade de Cuidados Intensivos vasculares e na sexta feira, dia 29, submeteram-me a um cateterismo cardíaco, seguido de angioplastia vascular para desobstrução de duas artérias coronárias.
Correu tudo tão bem, e fui uma doente tão bem comportada, que o médico cirurgião quando ontem, a meio da tarde,  me foi visitar à enfermaria, para me dar alta,  e para onde tinha sido transferida no Domingo, me elogiou classificando-me de « óptima paciente ».
Nem um gemido nem um ai...e apenas com anestesia local!
Sou ou não sou uma mulher de sorte e de coragem? :)

Agora, daqui para a o futuro, se quiser levar  uma existência com qualidade de vida, vou ter que dizer adeus aos cigarritos,  ( que aliás já disse) ao stress profissional, fazer caminhadas de 30 minutos, quatro dias por semana, evitar o sedentarismo, que o mesmo é dizer passar horas sentada ao computador.

Sabem que descobri que tenho um Anjo da Guarda?
E mais...nada, mas nada mesmo, acontece por acaso!!

Conheci, no Hospital, pessoas extraordinárias, unidas por um sentimento solidário incrível e de reconhecimento por um sentimento comum na sensação de renascer de novo para a vida. 

Um abraço a todos os meus queridos Amigos e Amigas, quer sejam virtuais ou reais.

Janita

  

41 comentários:

  1. Janita
    Espero que já esteja tudo bem e a recuperar.
    Passei por isso, só que fui escondendo a toda a gente. Chegava a esconder-me para ninguem notar. Até que um dia saíu-me na rifa um enfarte.
    Corra tudo bem
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos grandes males é nós desvalorizarmos os sinais que o corpo no vai enviando. Estarmos atentos é meio caminho andado para a prevenção.
      Beijinho e obrigada pelo seu cuidado, Rodrigo.

      Eliminar
  2. Que alívio saber que correu tudo bem. Com o coração não se brinca. Desejo-te a recuperação absoluta e tudo de bom para ti.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Luciano.
      Com as coisas do coração não se brinca, mesmo!
      O que eu desconhecia é que o meu fosse tão vulnerável.:)
      Comoveu-me o teu alívio, Mestre! Obrigada.
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Olá Janita,
    com a saúde realmente mais vale prevenir que remediar. Sei o que passou. Espero sinceramente que já esteja tudo bem e agora há que recuperar....e fazer o que o médico diz!
    Muita saúde

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá JP.
      Tudo bem ainda não está, mas devagarinho hei-de lá chegar. Ainda que um pouco «à rasca» estou a seguir à risca todas as prescrições recomendadas pelo médico!
      Só medicamentos foram uma catrefada deles...

      Beijinhos e fico-lhe muito grata pelo seu interesse,JP.

      Eliminar
  4. Mulher de coragem e de sorte
    Seguiu os conselhos Janita
    Do enfermeiro, adiando a morte
    Obediente, na vida acredita!

    Cuidado com os cigarritos
    Melhor mesmo deles se afastar
    Para dar mais saúde aos anitos
    E muitos, ainda, por cá andar!

    Desejo-lhe rápida recuperação,
    E afastada que sejam as complicações.
    Boa terça-feira
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo, Eduardo.
      As suas belas quadras têm sempre o condão de me elevar a moral! Muito obrigada pela sua gentileza, meu amigo!
      Beijinhos.

      Eliminar
  5. Janita, fico feliz que seu anjo da guarda tenha te protegido e salvado! Agora trata de seguir direitinho os conselhos que te deram pois queremos você aqui no blog por muitos e muitos e muitos anos mais! Boa recuperação, muita saúde, um beijinho da Anamaria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Anamaria.
      Fiquei muito feliz com as tuas palavras amigas. Continuar nesta partilha de amizades e afectos é muito importante para mim, aliás, creio que para todos nós. Somos como uma grande família e vc faz parte dela há longo tempo. Beijinhos com o meu carinho.

      Eliminar
  6. Que Deus continue a te proteger e manter perto anjos da guarda, pois isso é que são pessoas como as que contas aqui . Beijos do sul do Brasil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ivan!
      Grata pelo comentário e palavras de incentivo.
      Que Deus te abençoe e proteja também.
      Beijinhos a travessar o imenso Oceâno que nos separa.

      Eliminar
  7. Olá.
    Está para fazer 10 anos que deixei os “cigarritos” em solidariedade com o meu sogro que passou na altura por uma chatice dessas. No caso dele não bastou o cateterismo… Agora vai sentir-se duplamente mais forte; por um lado pela vivência desses dias de aperto em que o espírito humano sempre se fortalece, por outro, o coração renovado impulsiona tudo.
    Vai ter uns anos maravilhosos pela frente.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José M. Pereira.
      Sabe, Zé Maria? Durante o tempo que estive internada nem sequer me lembrei do "cigarrito", mas hoje já recomecei a trabalhar. Ao ver tanta papelada acumulada senti um necessidade enorme de um cigarro. A sensação de perda foi tão grande que desatei num pranto silencioso. Mas resisti e resistirei. Assumi um compromisso comigo e com o médico que me tratou. Hei-de honrá-lo, custe o que custar. Gostaria que os anos que me restam, possam ser tão maravilhosos quanto os que me pressagia.:)

      Beijo.

      Eliminar
  8. Bendita consulta de diabetes! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brown Eyes:
      Nem imaginas o quanto isso não me sai da cabeça!!
      Abençoado aquele conselho de um profissional com experiência e um grande coração!
      Beijinhos,Amiga.

      Eliminar
  9. Que bom amiga,que te safaste de boa!Não podemos facilitar de maneira nenhuma,olha que a vida nos prega imensas partidas.
    Espero que o pior tenha passado definitivamente e que agora te sintas bem.
    Para ti um grande beijão e faz o favor de te cuidares.OK?
    Miuíka

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Miuíka.
      A saúde é demasiado importante para a negligenciarmos. Esse tem sido um dos meus erros, que conto não repetir.
      Desejo que tu te sintas recuperada dos problemas que te afligiram e te sintas bem agora.
      É verdade...a tua netinha não vai fazer seis aninhos amanhã? Espero não estar enganada! Amanhã lá estarei para vos dar os parabéns.
      Beijinhos com carinho, Amigona!

      Eliminar
  10. Las señales que te suele dar el cuerpo se tiene que tener la máxima atención y no dejarlo para mañana.

    Me alegro que todo te saliese bien y ahora toca cuidar tu maquinaria corporal para seguir disfrutando de la vida.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estimado José.
      Siempre tienes marcado tu presencia en todas las horas buenas o malas de mi vida. Te agradezco de corazón tu sincera amistad.
      Te mando un fuerte abrazo, amigo mío.

      Eliminar
  11. Janita Amiga,
    Ainda bem que o seu Anjo da Guarda, materializado no seu enfermeiro. estava a seu lado e tudo correu pelo melhor.
    Deixar de fumar, fazer caminhadas de 30 minutos e estar menos tempo ao computador - são três regras de ouro.
    Eu faço caminhadas de cerca de uma hora [3/4 vezes por semana e detesto fumar - é o que me tem valido.
    Também tenho um Anjo da Guarda, até já O fotografei. Um destes dias vou publicar um post sobre Ele.
    Um abraço do seu amigo realmente virtual,
    Jorge

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Amigo.
      Adoraria ver a foto do seu Anjo da Guarda, apesar de imaginar Quem seja.
      No fundo, eu acredito que todos temos uma Estrela na Vida que sempre nos guia e bem nos conduz. Não temos é a percepção de entender os sinais que nos são enviados, mas de súbito, um dia, algo nos faz ceder à nossa intuição e essa cedência pode fazer toda a diferença.
      Um abraço desta sua «surpreendente» e bem real Amiga, Jorge!
      Janita

      Eliminar
  12. Querida F.,

    desejo-lhe, do fundo do coração, as suas rápidas melhoras e ...cuide-se, por favor!

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Ricardo.
      Não creio que seja necessário dizer-te da importância que representam para mim estes teus comentários.

      Vou cuidar-me, sim! Quero poder sentir a alegria de um dia te abraçar e às tuas quatro princesas.
      Beijinho, Ricardo e bem-hajas pela generosidade.

      Eliminar
  13. Porque será que é necessário que aconteça algo para que comecemos a tomar juizo?

    Bom, para susto chegou.

    Pensei que sabias que um diabético está mais 'aberto' a problemas cardíacos.

    Cuida-te.
    As melhoras com uma beijoca sulista.
    :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Observador, não ralhes comigo!
      Não sabia mesmo, que um disbético estava mais propenso a contrair problemas cardíacos, não senhor!
      E olha que eu até levo uma vidinha bem regrada.
      Nada de gorduras nem fritangadas. Sabes qual era o meu único pecado, António? Uma francesinha com um molhinho picante para aí de 15 em 15 dias.
      Já imaginaste a vida desconsolada que vou levar daqui prá frente? :))

      Obrigada pelos teus cuidados e uma grande beijoca com sabor a tripas à moda do Porto!

      Eliminar
    2. Francesinhas só mesmo ... de França.

      Juras que vais deixar de pecar?
      A vida não se carimba com 'consolado' ou desconsolado' apenas por causa da comida.

      Sabes isso, claro.

      Deixa-te de tretas, mulher do norte, carago!

      Ahhhhhhh! Tripas à moda do Porto? Chiça, com essa agora, veio-me à tripa, perdão, à cabeça, o Pintinho da Costa.
      Não sejas má p'ra mim.

      :)

      Beijocas

      Eliminar
  14. Janiiiiita!

    E eu sem saber o que se passa contigo...

    "Vida, se nos estás a ouvir, sabe que caminhamos na tua direcção. A nossa liberdade cresce ao acreditarmos e nós crescemos com ela e tu, vida, cresces também. Se te quiserem convencer, vida, de que é impossível, diz-lhe que vamos todos em teu resgate, faremos o que for preciso e diz-lhes que impossível é negarem-te, camuflarem-te com números, diz-lhes que impossível é não teres voz."
    José Luís Peixoto

    Fica boa depressa e mando-te um abraço do tamanho que tu quiseres :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marianiiita.
      Vou ficar boa, sim! Agora estou com todos os meus sentidos alerta. Há tanta coisa que eu gostaria ainda de ter tempo para fazer...
      De ti, quero um abraço do tamanho que os nossos braços nos consigam enlaçar! :)
      Beijinhos, querida.

      Eliminar
  15. Janita:

    Ah, correu tudo bem. Isso é que é preciso!

    Um relato incrível...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Zé...mas o mais incrível ficou por contar...talvez um dia eu conte! :)

      Beijinhos!

      Eliminar
    2. Quando quiseres contar, cá estaremos p'ra ouvir...

      Eliminar
  16. Sinto-me penalizado
    Por me ter ausentado
    (ando a chegar tarde a muito lado)

    Passou o "mau tempo"? Espero bem que sim!!!

    ResponderEliminar
  17. Vê só como a vida muda num minuto!
    às vezes - Deus escreve direito por linhas tortas. Só assim damos valor à vida.
    Tiveste a sorte que muitos não tiveram.
    Esse é também um dos motivos que me fazem agora perder menos tempo com o computador, já que também deixei os cigarros à muito.
    Um grande beijinho par ti minha querida Janita e rápidas melhoras.

    ResponderEliminar
  18. Amiga Janita:

    Tenho andado ausente e só agora li a aflição porque passaste, peço que me desculpes.
    Também acredito em anjos da guarda, porque também já disso tive provas.
    Cumpre à regra as recomendações, cuida de ti e segue em frente com a coragem que bem demonstraste.

    Um beijinho grande e amigo

    ResponderEliminar
  19. Olha que menina bem comportadinha que eu encontrei aqui neste lindo jardim!
    É assim mesmo, Janita!
    Vamos em frente... força nisso e continua a sorrir muito!
    Toma muitos beijinhos,

    ResponderEliminar
  20. O meu sincero desejo que tudo corra bem.
    A saúde é o nosso maior bem.

    Beijinho, amiga Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-hajas, amiga Ná!
      Espero e desejo que também contigo tudo esteja bem.
      Beijinhos e força, Amiga!

      Nunca desistas, Ok?

      Eliminar
  21. Querida amiga Janita!

    Só hoje fiquei sabendo do que aconteceu consigo, pois tenho andado um pouco ausento do blog, a gente quando quer estar em todo o lado, acaba por não estar em lado nenhum. E agora estava passando facebook, quando vi uma postagem da Fernanda Ferreira ,falando de si. Pois vejo que está tudo correndo bem consigo, já deixou de fumar o que é muito bom, e as caminhadas também. foi uma "óptima paciente" E agora vai ser uma óptima atleta.
    Sei que você é uma mulher de garra, e vai andar andar andar. Eu à três anos tinha 75 quilos comecei a fazer caminhadas e a ir ao ginásio, corria cinco minutos ficava cansadissimo agora tenho 68 quilos corre duas horas seguidas, e nem me canso.
    Espero e desejo que esteja tudo bem consigo, e desculpa de eu só aparecer agora.
    As melhoras Um bom fim de semana,
    Um beijinho, e um abraço
    José.

    ResponderEliminar
  22. Passando pelo FB, no mural da Ná, cliquei, por pura curiosidade e,
    aqui estou "invadindo" o seu espaço:- dá licença, Janita!
    É que meu marido, há pouco mais de 8 meses, não teve a bendita "sorte" que você teve. Além de diabético, era também um fumante inveterado.Foi infarto fulminante no miocárdio, o que ele sofreu.
    Deixou-me, depois de 32 anos de casados, duas importantes "heranças": a imensa saudade e 2 nódulos calcificados em meu pulmão esquerdo. No próximo sábado, 21, nosso único vai casar-se na igreja. Não teremos, marido e pai, ao nosso lado.

    Digo-lhe que,com certeza, o CIGARRO, é o VILÃO da história!!!
    Desejo-lhe pronta recuperação da sua saúde. Deixe o "VILÃO", ele
    liquida, qualquer CORAÇÃO!

    Um abraço, bem brasileiro,
    da Lúcia

    ResponderEliminar