terça-feira, 30 de junho de 2020

Já Fui Feliz Aqui. ( 59 )




Eram seis em cada saquinho
e para todas nós foi igual
tão doces eram os beijinhos
chegaram cheios os saquinhos
vazios ficaram no final.

Comecei com relutância
não quis garganêra parecer
pelo caminho de regresso
vim comendo os teus beijinhos
que eram doces a valer.

Agora se neles penso
não me cresce água na boca
destes não verei eu mais
e tudo levou o vento
e até a vontade é já pouca.



⭐   ⭐    ⭐ 

       


segunda-feira, 29 de junho de 2020

CERTEZAS.























DEZ RÉIS DE ESPERANÇA.


Se não fosse esta certeza
que nem sei de onde me vem,
não comia, nem bebia,
nem falava com ninguém.

Acocorava-me a um canto,
no mais escuro que houvesse,
punha os joelhos á boca
e viesse o que viesse.

Não fossem os olhos grandes
do ingénuo adolescente,
a chuva das penas brancas
a cair impertinente,
aquele incógnito rosto,
pintado em tons de aguarela,
que sonha no frio encosto
da vidraça da janela,
não fosse a imensa piedade
dos homens que não cresceram,
que ouviram, viram, ouviram,
viram, e não perceberam,
essas máscaras selectas,
antologia do espanto,
flores sem caule, flutuando
no pranto do desencanto,
se não fosse a fome e a sede
dessa humanidade exangue,
roía as unhas e os dedos
até os fazer em sangue.

Poema de António Gedeão


 

=============================

sábado, 27 de junho de 2020

Como Ia Dizendo... 🍉



Melancia...
rima 
com o Noah e com...

🍉

...Energia!







Nota: A avó pede imensa desculpa, mas houve um lamentável equívoco com o vídeo representativo da energia do Noah...Entretanto, já foi substituído. ( são tantos que já me baralho toda)

🍉





Sirvam-se à vontade.

Estes brigadeiros vieram do aniversário do pai do Noah,
e foram confeccionados pela mãe.





🍉    😀   🍓 




* * * * * * * * * * * 


sexta-feira, 26 de junho de 2020

Verão. [ Com Adenda. ]


SEM PEVIDES... :)



Verão, esta bela estação
que me traz a água doce 
da melancia. 

A cor vermelha do fruto 
rubro que sacia minha sede 
e me delicia.

Me refresca a garganta
e me traz a ternura de suaves lembranças
da inocência perdida
que  minha memória
acaricia.



* * * * * * * * * * * * *


Adenda: 
Perante o pasmo geral, acerca da melancia sem pevides, cumpre-me informar que a novidade me chegou vinda dos Países Baixos. O Noah, que adora comer, pode assim regalar-se sem correr o risco de se engasgar.
Ora, nós, portugueses, não somos inferiores a nenhum outro povo, vai daí, fui em demanda da dita cuja e também eu me deliciei...

Fazei vós o mesmo!!

:)


* * * * * * * 
* * * * * 



quarta-feira, 24 de junho de 2020

Eu E Os Outros. # 3


Panorâmica do rio Douro, a partir do Jardim das Virtudes - Porto


A minha versão de "Separadas à Nascença".































A primeira fotografia é de minha autoria, captada em Maio de 2017 e a segunda é da autoria do Remus, ambas do mesmo local, com três anos a separá-las, para além das diferenças óbvias, como podem constatar, e, confirmar,   AQUI.

A minha, é uma foto de uma pessoa curiosa sem qualquer conhecimento técnico, a outra, de um entendido na Arte fotográfica.



😌    😃


Nota: A autoria da segunda fotografia está devidamente salvaguardada pois a sua proveniência bem como o seu nome e espaço na blogosfera constam nas palavras a negrito. Agradeço que cliquem. Todavia, se me for comunicado o desagrado do autor, retira-la-ei de imediato.

* * * * * * * * * * * * * 
---------------------------------------------

segunda-feira, 22 de junho de 2020

ANJOS.


                                                                           


Acordes que 
flutuam

        anjos de doçura 
      que saltitam.

 Rasgos de memória
     rescendem 
a ternura
   o ar que respiro.









* * * * * *
* * * *
* * 





domingo, 21 de junho de 2020

Diploma De Inocência.



Tante Mien é toda em redondos e os cinquenta e dois anos pesam-lhe por todo o corpo, com excepção talvez do rosto, cuja pele guarda certa frescura, e dos olhos que, mau grado um consumo moderado mas constante de vieux e citroentje,* brilham ainda como que a denunciar por detrás deles uma vivacidade e uma malícia a que a lentidão dos gestos, e a banalidade da sua conversa, provavelmente servem de capa.

Boa dona de casa e péssima cozinheira, a rotina dos seus dias é invariável, quebrada somente por duas semanas de férias no Inverno  -  sozinha, em Rimini – e duas semanas no Verão com oom Bertus em Torremolinos.

A diferença entre essas duas vilegiaturas mediterrânicas parece residir apenas no facto de que, ao voltar da Itália, inevitavelmente se afirma revigorada (« Sinto-me outra! »). Como ou por que razões nunca ela o disse, nem ninguém ainda lho perguntou.

____________________________________

 * Citroentje é um curioso eufemismo que, à letra, significa «limãozinho», mas designa simplesmente a genebra aromatizada com limão e adoçada com açúcar. Permite bebedeiras genuínas, mas dá a quem a bebe um diploma de inocência. Como cognac é termo registado e protegido por lei, vieux é a designação do comércio holandês para o conhaque a que não pode dar o nome original. Sem primar pela qualidade, o seu preço é razoável. Note-se que cerca de 80% do custo de cada garrafa de bebidas de elevado teor alcoólico reverte para o fisco.


A minha leitura de momento


Nota: Texto e nota explicativa do autor, transcritos do livro que a imagem documenta. A foto do moinho - como sabe a maioria dos que me visitam - é minha, ou seja, foi-me enviada por gente minha. Bem como a de cabeçalho. :)



======================================

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Boca Fechada.


Boca de alguém que não eu, mas minha.




Não direi:
Que o silêncio me sufoca e amordaça.
Calado estou, calado ficarei,
Pois que a língua que falo é de outra raça.

Palavras consumidas se acumulam,
Se represam, cisterna de águas mortas,
Ácidas mágoas em limos transformadas,
Vaza de fundo em que há raízes tortas.

Não direi:
Que nem sequer o esforço de as dizer merecem,
Palavras que não digam quanto sei
Neste retiro em que me não conhecem.

Nem só lodos se arrastam, nem só lamas,
Nem só animais boiam, mortos, medos,
Túrgidos frutos em cachos se entrelaçam
No negro poço de onde sobem dedos.

Só direi,
Crispadamente recolhido e mudo,
Que quem se cala quando me calei
Não poderá morrer sem dizer tudo.



------------------------------------

[É como Poeta, que aprecio e leio o nosso Nobel da Literatura. Como escritor não consegui
 passar de um terço da leitura de um dos seus primeiros livros. 
Não se aceitam argumentos em contrário nem a favor] 

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Eu E Os Outros. # 2


"Em terra de cegos quem tem um olho é rei".



                                                                       




                                       Em tempo de pandemia
                              antes das máscaras chegarem
                              do Covid se abrigaram
                              quem teve um olho foi rei
                              com habilidade suprema
                              todos os buracos taparam...

 😓    😃




-------------------------------------------

------------------

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Pedalando Por Terras Distantes.


 Lá foi o menino Noah
   na sua bela cadeirinha
 passear com sua Mãe
   naquele dia à tardinha



                 



Foi estrear o capacete
     já de manguinha cavada
      fez um grande brilharete
      pé descalço em batucada

Entretido com a alça
de nada ele quis saber
não olhou para a paisagem
que era linda de morrer

Se era linda de morrer
o Noah não deu por nada
ainda tinha na ideia
os saltos que deu lá no Parque
n'outra tarde abençoada.


😃



* * * * * * * * 
                                                     

sábado, 13 de junho de 2020

Singularidades.





     Quis pintar a  flor  "Brinco  de Princesa",
    mas  notei  antes mesmo do  final
    que não soube realçar sua beleza
    por  mais que a desejasse  original.

    Faltou-lhe  todo o  porte  de nobreza

    que esbanja  no jardim do meu quintal,
    mas  vi que, quase sempre, a singeleza
    torna o belo mais belo ao natural ...

    A pintura deixou muito  a dever,

    mas proporcionou-me tanto  prazer
    que embora esteja  aquém do que eu queria

    tenho ainda a esperança de pintar

    um brinco de  Princesa  singular
    que consagre a Pintura na Poesia...






[ Poema de  Maria Nascimento Santos Carvalho - fotos minhas ]




===========================================================
------------------------------------

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Eu E Os Outros. # 1



A Imagem encontrei-a na Net

O pensamento de grande interesse filosófico...adivinhe de quem é...




Versão alentejana de "Killing Me Softly"


😏  😀

* * * * * * * * * * * 
---------------

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Como Ave Migratória.


                                                             

Linda cara que tu tens (já sei)
Quando chegas noite fora
À espera à porta de casa
À espera à porta de casa
Está o teu pai que te adora


          


Lindos olhos tem o mocho (piu)
Quando a noite vem chegando
Para deixar passar a noite
P'ra deixar passar a noite
Uma moda eu vou cantando

Muda a água às azeitonas
Rega bem os teus tomates
Tem lá cuidado com a horta
O cravo já está no vaso
Sim senhora, por acaso

Muda a água às azeitonas
Rega bem os teus tomates
Tem lá cuidado com a horta
O cravo já está no vaso
Sim senhora, por acaso

Abalaste p'ra Lisboa (pois)
Deixaste-me ao pé da porta
Tu seguiste o teu caminho
Tu seguiste o teu caminho
A minha alma ficou torta


Quando cheguei ao Barreiro (já fui)
Lisboa estava fechada
Voltei p'ra casa a cantar
Voltei p'ra casa a cantar
Uma vida abençoada


Muda água às azeitonas
Rega bem os teus tomates
Tem lá cuidado com a horta
O cravo já está no vaso
                                                Sim senhora, por acaso.  

Foto Minha- Alentejo - 
                                                 


===========================================

segunda-feira, 8 de junho de 2020

FLORES.


As fotos das orquídeas são oferta da Sandra Martins - a amiga do Algarve -

As  palavras e  fotos seguintes, são de minha lavra.























Orquídeas, cravos e rosas
Jasmins, hortênsias, margaridas
Camélias, quais damas formosas
Enfeitam jardins
 sempre airosas.
Tal como elas, enfeitam a vida
todas as Marias, Jacintas, Dolores
Joanas, Carmens, Marias das Dores…



Quem faz a vida ser mais bela
  São as mulheres, as crianças e as flores.



Mas quis Deus que fossem os homens,
 os seus leais e fiéis jardineiros!!


:)

...........................................................

domingo, 7 de junho de 2020

Pontaria... (Desafio.)


...levantar a tampa? Eu não preciso. E você?




As palavras escritas em cima são a minha legenda para esta imagem.

O desafio consta em cada um comentador/a enviar a frase mais original e que melhor se adapte à situação.

Conto convosco! 

:)



sábado, 6 de junho de 2020

SOMBRAS.






Era de uma beleza exótica, o seu perfume inebriava.

Conta-se  que  todos os homens

enlouqueciam ao passar por ela.

Certa vez, abeirou-se de um lago.

A sua  sombra reflectida nas águas

distorceu-lhe a imagem.




 Os peixes assustados

enlouqueceram de medo

e

fugiram para as profundezas.

Desde esse dia, ficou quebrado o seu encanto.

Quando ela passava, o seu odor 

repelia 

e a todos submergia numa enorme tristeza. 














quinta-feira, 4 de junho de 2020

SONHO PORTUGUÊS.

Barco já tenho, o sonho também

agora é crescer, para navegar,

e ir Mar além...

















Entretanto, vou aprendendo a nadar, nestas águas...
mornas, tranquilas e seguras...



                                                

Querem vir? Bora lá... aqui, há espaço para todos os que vierem por bem.



(Este menino é o meu primo João.)
"Espera por mim..."


===============================================
                                                    *--*

terça-feira, 2 de junho de 2020

VEM...







Quem quer que sejas, - não importa quão solitária fores, 


o mundo oferece-se à tua imaginação. 



Chama-te. 


Assim como tu, com ou sem música, chamas os gansos selvagens...

Vem! 






Adenda: Por recusa terminante, dos primeiros gansos em se deixarem apreciar,
surgem à boca de cena novos intervenientes!





😉  😀
---------------------------------------