quinta-feira, 23 de março de 2017

Já Fui Feliz Aqui [ XXVIII ]




Com o meu neto João numa fase adorável da sua idade, em que me deu tanta, mas tanta alegria e felicidade...




*******************************************************************
********************************************

37 comentários:

  1. Como eu a compreendo, querida Janita. Acredito que ambos tenham sido muito felizes. As boas recordações são como um agasalho quentinho nas longas noites de inverno.
    E o netinho é uma ternura :)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda somos, querida Miss Smile. Embora estes tempos sejam irrepetíveis - como o são todos os momentos passados - conservámos uma grande cumplicidade.
      Talvez no próximo post eu conte um episódio, de uma saída só nós os dois, que me transportou ao tempo em que era eu que o levava pela mão. :) Ainda não é ele que me leva a mim (pela mão) mas quase...:)

      Obrigada, um beijinho. :)

      Eliminar
  2. Porque a felicidade não se mede aos palmos esse menino de "palmo e meio" encheu-te o espírito e o corpo com carinho e alegrias.
    Parabéns avó babada...
    Beijokas regadas com sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, meu Amigo.
      Desde os quatro meses até aos quatro anos, vivemos momentos únicos. Alguns, registados para a posteridade. Se as técnicas não evoluírem demasiado rápido e as cassetes da máquina de filmar ficarem obsoletas. :)

      Beijokas, sem regas de mangueira- hoje está muito frio - e muitos sorrisos.


      Eliminar
  3. Olho para a Lurée, que adormeceu, e também eu te compreendo, Janita. Todas as crianças irradiam ternura, mesmo as mais traquinas.

    Saudações amigas.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada como uma avó para compreender o enorme sentimento de ternura de outra. Aproveita e vive intensamente cada momento com a tua neta, Teresa, pois o tempo passa tão veloz que, quando damos conta já eles são adultos, ou quase.

      Um abraço amigo. :)

      Eliminar
    2. Quero aproveitar com os três da vida airada: Ema, Lurée e Matthias, já que com os meus filhos não o fiz.

      A ternurinha da fotografia é aquele rapaz bonito com um pentado muito original, cuja fotografia vi aqui há tempos?

      Desejo-te um fabuloso fim de semana.

      Eliminar
    3. É o rapaz de tranças, sim Teresa.
      Tranças já desfeitas, claro.

      Um excelente fim de semana também para ti e para os teus.
      Obrigada.

      Eliminar
  4. É certo que com a idade (deles) e de novas situações dos filhos, as oportunidades de voltarmos a sentir com a mesma frequência a felicidade desses momentos, vai rareando, mas certamente que novas oportunidades, noutras circunstâncias, não te faltarão para voltares a ser feliz aí !

    Um Abraço feliz, Janita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os momentos de felicidade até que poderão continuar, como é óbvio, Rui, mas a ternura e o sentimento protector, o pegar neles ao colo e adormecê-los, os beijos repenicados nas bochechas rosadas e macias, isso passou tudo.
      O meu João já tem uma bonita barba loura, que receava cortar e não nascesse mais, e eu que sim, rapa-a para ela engrossar. Verdade, avó? :) Cada idade tem o seu encanto.
      E tu sabes isso melhor do que eu, pois tens seis netos, Rui! :)

      Um grato abraço, Rui! :)

      Eliminar
  5. E o João deverá, então, ter feito alguns disparates, sempre desculpados pela vovó, digo eu, que não tenho experiência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem por isso. O João foi uma criança risonha e feliz, e eu, amando-o mais do que a minha própria vida, nunca fui uma avó muito permissiva no tocante a caprichos. Traquinices, correrias e risadas, eram o pão-nosso-de-cada-dia, o contrário é que seria preocupante.

      Eliminar
  6. Momentos de felicidade que só se repetem nas memórias, porque cada momento é um momento.

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizes bem Adélia, só se repetem nas memórias.
      Daqui a uns anos lembrar-me-ei dos tempos actuais, espero. :)

      Um beijinho grande.

      Eliminar
  7. Desculpa querida Janita, mas neste momento invejo-te.

    A felicidade de ter netos é algo que não vislumbro...

    Um beijinho para ambos

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que essa inveja é boa, querida Fernanda. Também já a senti. Há que dar tempo ao tempo, que este tempo não é como o nosso tempo. Hoje, a prioridade é a carreira, o trabalho, a estabilidade profissional, enfim. Mas um dia, quando menos esperares, o netinho vem. :)

      Beijinhos e obrigada.

      Eliminar
  8. Que lindo que ele é!!! Apetece encher de beijinhos posso imaginar os bons momentos e a felicidade...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma criança linda, Papoila!! :) Pele clara, olhos azuis, cabelinho louro...mas houve um dia em que ele subiu para um banco da cozinha, frente ao lava-loiças, abriu a torneira e começou a despejar água para o chão. Um diabinho com cara de anjo.:))

      Beijos.

      Eliminar
  9. O tempo passa tão rápido Janita, que temos de aproveitar ao máximo essas idades tão lindas.
    Tenho imensa pena da minha netinha Leonor que está com 2 aninhos estar tão longe de mim, eu vivo em Lisboa e a minha filha, o marido e a Leonor estarem a viver em Macau. Enfim é a vida, vou matando saudades vendo pelo telemovel e quando eles vêm a Portugal.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Maria, por isso é que temos de o aproveitar bem.
      Sei o que é a tristeza de estar longe de um filho.

      Um beijinho e obrigada, Maria

      Eliminar
  10. Janita voltei para te dizer que a foto que viste no meu blog, não é fogo, é apenas o por-do-sol, fotografei ontem de dentro do carro em andamento na auto-estrada quando vinha de Coimbra, achei a foto interessante. Desculpa vir aqui, mas achei que te devia dizer e não sabia se lias o comentário se eu o fizesse no meu blog.

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sabia que a foto era recente, Adélia.
      Desculpa? Ora amiga, eu tenho é que agradecer a tua amabilidade.
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. Com um nome desses (por caso não é João Pedro??) só pode ser uma gajo porreiro!!
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem pinta de João Pedro, não tem, Pedro?
      E é...:)

      Beijinhos

      Eliminar
  12. Lindo esse teu menino!
    Espero que te continue a dar muitas alegrias.

    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um menino que já me ultrapassou em muito, na altura, Manu.
      Mas, continua a ser um menino grande. E tomara que fique assim durante muito tempo. Puro de coração.

      Beijinhos

      Eliminar
  13. Um viva enorme à família!!!
    Beijinhos, Janita, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E um Viva para ti, António!!
      Beijinhos.

      Eliminar
  14. Bonito petiz, Francisca.

    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagine que a vida dava umas voltas e reviravoltas e uma das suas princesas ainda seria minha neta também, Ricardo? :)
      Estou muito contente por o ver aqui, Obrigada.

      Beijinho e feliz fim de semana, para si e família.

      Beijinho

      Eliminar
  15. Com um "João" assim, quem pode não ser feliz?
    Avó babada é muito feliz com os descendentes do coração.



    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Amigo SOL.
      Ainda que este tempo já lá vá, o amor e a felicidade por ser avó de dois netos continua igual.

      Beijinhos

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Obrigada, Eufrázio,

      Um beijinho para si.

      Eliminar
  17. Somos sempre felizes com os netos. São o nosso encanto.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o encanto é maior quanto mais pequenos eles são, não é Elvira?
      Um abraço, bom fim de semana.

      Eliminar
  18. Happy memories...
    É bom recordar, Janita, rebuscar naquilo que nos fez sorrir.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar