sábado, 14 de julho de 2018

ADAGIO.




Chove...

Mas isso que importa,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chuva que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?

Chove...

Mas é do destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama.


Poema de José Gomes Ferreira - fotografia minha.





                                                                   





**** --- ****


32 comentários:

  1. É sempre um prazer reler José Gomes Ferreira ao som do Adagio.

    Beijinho, Janita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer palavra de apreço, vinda de si, Maria João, - ainda que o mérito meu tenha sido o da escolha - é um elogio inestimável.
      Muito obrigada.:)

      Um beijinho, bom fim-de-semana.

      Eliminar
  2. Boa tarde!
    Parabéns pela escolha!! Amei!!

    Beijo e um excelente sábado!

    ResponderEliminar
  3. José Gomes Ferreira é um dos meus poetas portugueses de eleição.

    Abraço-te 😘 sem ouvir cair a chuva do céu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o meu, Teresa, ainda que só recentemente o tenha descoberto como poeta.

      Beijo-te, em silêncio e com amizade. :))

      Eliminar
  4. Que belo poema!!! E Adagio amo demais, Janita, ótima tua escolha. Não precisamos de muitas linhas para dizer algo extremamente belo. Vou procurar mais esse poeta, quem sabe um dia ele também não figure no meu blog!?
    Um beijo e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Taís.
      Até eu me congratulo por ter unido dois enormes talentos, neste meu cantinho simples.

      Gomes Ferreira ficará muito bem no Blog da Tais, sim!

      Um beijinho, com votos de bom Domingo.


      Eliminar
  5. Belíssimo poema e musica:)) Mas que bela escolha :))

    Hoje:-{ B. C -Poetizando }Juras de amor num alvorecer tão terno.

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma escolha bonita, não foi Larissa?

      Beijinhos. Bom Domingo

      Eliminar
  6. Um belo poema. Adágio é um tema de que gosto muito. Um post cinco estrelas. Obrigado.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O jovem David Garrett é, a par de André Rieu, um dos violinistas que mais gosto de ouvir.
      Nesta composição, para violino, de Giovanni Albinoni, ele transporta-nos ao Paraíso, numa interpretação divinal. :)

      Um abraço, bom Domingo, Elvira.

      Eliminar
  7. Gostei muito da tua foto, simples mas bonita, depois esta música acompanhada com o poema belísssimo de de José Gomes Ferreira, deixou-me encantada.
    Um post muito bonito.

    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia! :)

      Essa foto já a tinha publicado, creio que em Setembro ou Outubro, do ano passado. Fico contente que te agrade.

      Beijinhos, boa semana, Manu! :)

      Eliminar
  8. Dado o adiantado da hora, apenas digo também que foi uma boa opção.
    Uma, perdão, um beijinho com votos de bfs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este estaminé está aberto 24 horas por dia. Pode vir na hora que mais lhe convier, ou puder, José.

      Beijinho, votos de semana boa.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Boa segunda-feira, Mena!! :))

      Beijinhos.

      Eliminar
  10. Conheço mal a obra de José Gomes Ferreira, logo, agradeço por mo "mostrares".
    Óptimas escolhas, Janita, como sempre!
    A foto é um mimo!
    Beijo.

    Janita alentejana, nem sempre quem não aparece é esquecido. Não te preocupes. Eu gosto demais do teu cantinho e aqui voltarei sempre.
    (Desculpa, tu tratas-me por você mas eu já não consigo deixar de te tratar por tu.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Teresa! :)

      Eu mostro, sim, e ao tempo que a vou mostrando, também a vou conhecendo melhor; a poesia de José Gomes Ferreira, claro.

      Obrigada pela compreensão e amizade.

      Um beijinho para ti>, Teresa! :)

      Eliminar
  11. Perfeito. Adorei a imagem e o poema, vou continuar de olhos fechados deste som maravilhoso!

    Bom restinho de domingo Janita e um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizem que a perfeição não existe, amiga, mas, certamente, existirá algo muito próximo, não achas? :)
      Sim, este é um som que ouve bem de olhos fechados ou semicerrados.

      Boa semana e um beijinho, Adélia.

      Eliminar
  12. Bonita publicação Janita, desde o poema do José Gomes Ferreira até ao Adagio de Tomaso Albinoni, passando pela foto sugestiva de batente de porta !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito grata pela tua apreciação, Ricardo.
      Aqui, a tua opinião, conta!!

      Um abraço amigo.

      Eliminar
  13. Duas belíssimas formas de arte, Janita! A poesia (tão esquecida) de José Gomes Ferreira e a música que tão bem embala os sentidos...

    Parabéns pelo teu bom gosto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente Graça, não sei se a poesia de José Gomes Ferreira está esquecida, se pouco conhecida.
      A maioria das pessoas que aqui a têm lido, dizem desconhecer nele a faceta de poeta. É muito mais conhecida a sua prosa! O que é uma pena. Os poemas dele são gritos da alma!

      Muito obrigada.:)
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Uma belíssima escolha musical.
    Bom fim de semana.
    Bjos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Assim é que é...

      Quem não fala na poesia
      é porque a não aprecia!! ehehe

      Beijos, Catarina.

      Eliminar
  15. Este tema é lindíssimo !!! ... e como diz Gomes Ferreira, mesmo à chuva ou ao sol, de noite ou de dia, seja, onde for, é sempre maravilhoso ouvir um violino, ou mesmo a chuva, ... até na lama, sim ! :)
    O amor, seja de que forma for, está sempre dentro de nós.

    Boa foto de um pormenor e curiosa a tua nova foto de capa, de Serralves. :)

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Obrigada, Rui!

      A fotografia de Serralves já tem uns anitos.

      O resto dos temas do post, são eternos. :)

      Beijinhos.

      Eliminar
  16. "Tá" tão frio aqui na serra, Janita,
    que mal posso abrir a boca para te
    dizer bom dia.

    Beijos, amiga.


    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O frio, desse lado do Atlântico, Sílvio Afonso, é tão natural, nesta época, quanto é aqui o calor?! :)

      Beijo, obrigada pela visita.

      Eliminar