quinta-feira, 7 de julho de 2011

OBRIGADA AMIGOS!

Meus Amigos.
Quero agradecer-vos as palavras de apoio e estímulo no meu post anterior, assim como a todos aqueles que em outras ocasiões que me senti menos bem me manifestaram a sua solidariedade. Na verdade, nunca fui muito apologista de dar de beber à dor, mas de vez em quando fraquejo. Um problema de saúde que me afligia e andava a influenciar negativamente o meu estado de espírito ficou hoje controlado e o meu ânimo arribou. É verdade, tenho agora comigo uma engenhoca que mais parece um telemóvel e me permite ser eu a auto examinar os níveis da diabetes. Quero agora, seguir os conselhos de Fernando Pessoa e voltar a soltar as minhas sonoras gargalhadas.
Queridos Amigos, muito obrigada a todos!



“ Felicidade”

Não te acostumes com o que não te faz feliz,
Revolta-te quando julgares necessário.
Inunda o teu coração de esperanças,
Mas não deixes que ele se afogue nelas.
Se achares que precisas voltar, volta.

Se perceberes que precisas seguir, segue.
Se estiver tudo errado, começa novamente.
Se estiver tudo certo, continua.
Se sentires saudade, mata-a!
Se perderes um amor, não te percas
Se o achares… segura-o!




Afinal, é  tão simples ser feliz! 



~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

27 comentários:

  1. no sabes lo que me alegra que ya estes bien mi niña, un besin muy grande de esta amiga que te aprecia un montonazu.

    ResponderEliminar
  2. Adorei esta mensagem de esperança e de força.
    Quando queremos nós conseguimos controlar e vencer estas rasteiras que a vida nos reserva.
    Vamos para a frente.

    ResponderEliminar
  3. Força!
    E sejamos felizes!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  4. ჱܓ
    。°✿Olá,amiga!

    Passei apenas para lhe dizer

    Boa noite!!!

    ✿•˚。
    ° 。✿ °° 。Beijinhos.
    ✿ °° 。Brasil

    ResponderEliminar
  5. "Não te acostumes com o que não te faz feliz,"
    (Se foi Pessoa quem disse
    plagiou-me,
    É que se foi isso que ele escreveu
    primeiro, fi-lo eu...)

    ResponderEliminar
  6. Olá querida amiga Janita!

    Ouvi as suas gargalhadas, vim correndo para estar mais perto de si, e sentir também um pouco a sua alegria. É verdade às vezes não é preciso muito para a gente nos sentirmos felizes, e eu fico feliz por a Janita, estar feliz.

    Boa noite,
    um beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  7. Olá, Janita!

    Agora que já tem esse tal aparelhinho amigo, vá lá, anime-se, e toque a vida p`ra frente!

    beijinho amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  8. Lindo isso,Janita e que bom que t sentes melhor! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  9. Tengo amigos con diabetes desde muchísimos años y viven felices,sabiendo que si no pueden comer un producto tienen otro para degustar.

    Me alegro que te puedas controlar y la felicidad en tu cuerpo se instale.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  10. VIVA JANITA!
    Fernando Pessoa é o meu poeta preferido. No Cantinho da Janita estou a revisitá-lo.
    É bom vê-la reganhar confiança e vitalidade. Seja muito feliz, minha Amiga.
    Bj amigo
    J

    ResponderEliminar
  11. Não nos agradeças...
    Toma um grande abraço!

    ResponderEliminar
  12. Janita,querida amiga!

    Aos amigos não agradecemos, apenas guardamos os seus actos na nossa memória!

    Beijinho e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  13. A foto foi tirada no Estádio do Bessa...
    Aí mesmo na tua cidade e para onde eu vou todos os dias.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. É verdade minh amiga.
    É tão simples ser feliz!
    Então seja, não deixe que nada mude o teu bom humor e a tua alegria de viver e ver a vida.
    Eu daqui fico torcendo, pra que tudo entre nos eixos e venha nos dizer que estás bem e feliz.
    Beijinho doce de amizade por tí. Feliz fim de semana.
    Com carinho,
    Jady

    ResponderEliminar
  15. Sublime Amiga:
    Atitude de magestoso sentimento é o que vejo aqui.
    Tanta pureza e beleza imensas.
    Excelente em tudo o que faz. É significativo da sua escrita genial e preciosa.
    Bem-Haja, pelo seu imenso valor.
    Abraço amigo de respeito por tudo o que concebe.

    pena

    É notável.
    Bem-Haja, por transmitir a sua magia pessoal que todas as pessoas gostam.
    Adorei.

    ResponderEliminar
  16. Siento muy sinceramente que hayas tenido problemas de salud, y deseo que en este momento te encuentres totalmente restablecida y con el ánimo a tope.
    Feliz fin de semana.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  17. Siento muy sinceramente que hayas tenido problemas de salud, y deseo que en este momento te encuentres totalmente restablecida y con el ánimo a tope.
    Feliz fin de semana.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  18. En primer lugar me alegro que te encuentres mucho mejor, todos tenemos alguna gotera en el tejado de nuestra salud, esto a veces nos es muy beneficioso, aunque parezca contradictorio, hace que nos cuidemos y valoremos mas nuestra vida y, sobre todo nuestras relaciones con la gente que queremos y que esta a nuestro alrededor.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  19. Querida Janita.

    Imensamente feliz por te saber bem e irradiando a tua alegria.
    Estou a fazer o possível para me deixar influenciar por esta vaga de esperança. Não deixar instalar-se o que não faz falta senão o tempo necessário para o entender-mos.

    Há tantos dias afastado da da web e sem me ter apercebido de tuas preocupações, não pude fazer parte daqueles que na tua companhia atenuaram esses momentos menos bons. Como tal quem sente grato sou eu, por aqui ter chegado e encontrar "a luz acesa".
    Tudo a correr bem para ti, irei voltar... não sei quando, mas nunca desligo o fio condutor, que faz permanecer os amigos colados que nem lapas no nosso coração, sentindo-os a cada pulsação.

    Beijos e kandandos meus.

    ResponderEliminar
  20. Olá Janita!

    Ainda bem que estás mais animada, folgo muito em saber.
    Sabes que todos temos qualquer "mazela" principalmente depois dos "enta" é sempre a somar.
    Se não é duma coisa é doutra. Temos que levar a vida para a frente, com muita vontade e alegria, como tu sabes bem, muito melhor do que eu.

    Bom fim de semana, querida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Pois é miúda. Ainda bem que asim pensas.
    É espantoso como o nosso problema é sempre o maior, mas às vezes basta olhar para o lado e o cenário é dantesco.
    Fernando Pessoa não é o melhor exemplo para aumentar o moral mas os seus alertas já ajuda.
    Também eu me vou habituando A´s maleitas que vão surgindo. Faz parte da vida.
    Folgo em saber-te mais animada.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. Querida Janita:
    Que bom ouvir de novo as tuas "sonoras gargalhadas".
    Quem não tem dias e horas de desânimo.
    Excelente e oportuna escolha do poema :

    "Não te acostumes com o que não te faz feliz,Revolta-te quando julgares necessário. "

    É isso aí :))

    beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Amiga,porque havia de levar a mal,até te agradeço,pois há coisas que não sabemos ou esquecemos e os amigos é para isso mesmo,para nos lembrar e até nos apontar os nossos erros.
    Acabei de lhe fazer um comentário no blog,espero que ele venha a ler.
    Obrigada amiga e podes dizer-me o que quiseres que não vou levar a mal.
    Para ti amiga,uma boa semana.
    Um grande beijinho.
    Miuíka

    ResponderEliminar
  24. Depois de te queixares por ser parco nas palavras vim confirmar...
    Tens razão
    Podia ter acrescentado
    que o que escrevi,
    fi-lo com o coração

    Beijo e gracejo

    ResponderEliminar
  25. Eu conheço uma senhora que tem como apelido "saudade", espero que não a mates! ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  26. Olá Janita, vá lá amiga...a diabetes não pode ser mais teimosa que tu...tens que a contrariar...já esqueceste? Temos que nos encontrar em Almada com a nossa amiga Graciete para uma amena...ou barulhenta cavaqueira. Força!...e muitas beijócas com o meu carinho sempre.

    ResponderEliminar
  27. Não sei se ao ler este post me apetece mais cantar,
    Oh Serpa de Guadalupe
    Das muralhas, casas brancas
    Dos poetas e pastores
    Dos cantes até às tantas

    ou se me apetece cantar

    Quem vem e atravessa o rio
    Junto à serra do Pilar
    vê um velho casario
    que se estende ate ao mar...

    mas que me dá uma enorme vontade de cantar lá isso dá.

    Folgo muito em saber das tuas melhores e já tinha notado essa subida de astral.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar