sábado, 1 de março de 2014

Arrepia, sim senhor!


Não me apaixono facilmente, mas sou uma pessoa de paixões. Apaixono-me por locais, por músicas, poemas, livros, escritores, cantores, pessoas e uma infinidade de coisas mais.
Há décadas que me 'apaixonei' pelo cantor Fausto! Pela sua música, pelos temas que cantava e pela sua imensa simplicidade. Ainda guardo alguns LP's dele e de outros cantores e bandas  como se fossem - e são - relíquias preciosas. Passei muito tempo sem o ouvir mas, hoje,  revisitei a sua voz e a saudade bateu mais forte.  Fui buscá-lo para mais perto. E o lugar mais perto de mim é o meu Cantinho. Espero que também o apreciem, pois compartilho-o convosco!:)

 
         
            (...)

Gingão de roda batida
Corsário sem cruzado
Ao som do baile mandado
Em terras de pimenta e maravilha
Com sonhos de prata e fantasia
Com sonhos da cor do arco-íris
Desvairas se os vires
Desvairas magia
          (...)                                                          
Que vida boa era a de Lisboa! 
 
--------------------------------------------------------------------
 
ADENDA: Ainda que um pouco fora de tempo, gostaria de expor aos meus leítores
este vídeo do blogger Ricardo Santos, com lindas imagens do Tejo e dois belos temas da nossa música. Uma já vossa conhecida, e a outra, também ela, um hino à MPP. 
 
 
 
 
**********************************************************


37 comentários:

  1. Olá, Janita!

    Muito bonito, sim senhora - e não conhecia: Esta versão musical de descrever aqueles tempos em que lá longe se ia na demanda do cravo-da-índia e da pimenta-e tantas vezes a contragosto...

    Bom resto de fim de semana; que não promete muito...

    Beijinhos amigos
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Vitor.
      Se não conhecias fico muito contente por to dar a conhecer!:)
      Podes procurar no Youtube mais temas dele, como Navegar Navegar- A Nau Catrineta e muitos outros, dedicados ao mar e não só.

      Um beijinho e boa semana.

      ( a minha só começa na 4ª feira. estou numa espécie de mini férias. )

      Eliminar
  2. O Grande Fausto Bordalo Dias e um dos álbuns mais bonitos e melhores da música portuguesa de todos os tempos !

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. E eu digo "PRESENTE"... pois também sou fã de Fausto! E esta música põe-me logo bem disposta e com um pezinho a mexer! :)

      Lembrei-me de ver no Youtube, na conta do Ricardo ESTE VÍDEO com fotos fantásticas tiradas do Tejo... e a música inicial é precisamente esta.


      Beijinhos aos dois
      (^^)

      Eliminar

    2. Hoje o link não funcionou :(

      Tenta agora AQUI... e se não funcionar também copia este endereço:
      http://www.youtube.com/watch?v=8DqKJjBgeWE

      Eliminar
    3. Olá, Ricardo.

      O 'maior' por excelência! Mas eu sou suspeita.

      Graças à Afrodite tive acesso a um teu vídeo espectacular, sobre o passeio que fizeste pelo Rio Tejo, justamente com este tema. Já lá estive e deixei-te um comentário.
      Na segunda parte a música não é dele, mas foi bem escolhida, já que refere uma característica musical bem portuguesa e de que ele fala. Curiosamente, também eu escolhi o excerto em que há a referência ao 'baile mandado' algarvio.:)

      Beijinhos.
      --------------------------------------------
      Obrigada, Afrodite! :)

      Bastou-me clicar no AQUI e fui lá ter direitinha. O Ricardo com a sua habitual modéstia, não diz nada e se não fosses tu ficava sem saber.
      Já está nos meus favoritos!

      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Queres dizer que não és uma pessoa de “paixões amorosa”, mas que és uma pessoa de outras paixões ! :))) … Isso é muito bom !
    É bom ter um bom lote de paixões na vida, assim como é bom ter uma série de “amantes” (não necessariamente amorosos) ! :) … “Amantes” que nos absorvam o tempo e o espírito, que nos transportem a um mundo em que nos sintamos bem ! … Amantes como a leitura, como a escrita, como a música, até como o passeio, como a pesca, como o cinema, como a cozinha , quanto mais diversificados, melhor ! … Infelizes daqueles que os não têm, Jani ! :))
    Eu também o sou ! Amante dos teus belos posts e da tua amizade ! :)
    Claro que do Fausto (infelizmente quase desaparecido) também ! :))

    Beijinhos e um bom domingo, JANI ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Rui.

      Eu escrevi que ' não me apaixono facilmente' ...isso de não ser uma pessoa de paixões amorosas já foi uma ilação tua...:))

      Obrigada por seres 'amante' dos meus posts e, essencialmente, da minha amizade! Isso é, na verdade, o que mais importa.

      Beijinhos e boa semana, Amigo Rui!:)

      Eliminar
  4. Amiga Janita, Fausto também me arrepia e é para mim um dos melhores cantores/compositores portugueses.
    Que vida boa era a de Lisboa, eu que o diga :))

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Fê, eu acredito que 'arrepia' todos os que apreciem a boa música portuguesa!

      Como vivi dos 12 anos de idade até aos 19, nos arredores de Lisboa, também soube um pouco como foi boa a vida de Lisboa...:)

      Beijinhos amiga.

      Eliminar
  5. Amiga Janita apesar de a minha música preferida ser Fado e musica Clássica, sempre gostei da musica do Fausto lindo minha amiga.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto de alguns tipos de Fado e de alguma música clássica...e adoro a música do Fausto, Amigo Santa Cruz!!

      Desejo que este tudo bem contigo.

      Beijinho.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Olá, Mar Arável!

      Memórias para recordar e outros temas para conhecer!
      Em 2003 foi editado o seu décimo primeiro álbum com temas originais.
      Um dia destes trago-o cá novamente....rio acima...até ao Rio Douro!:)

      Um abraço.

      Eliminar
  7. Pois também sou fã do Fausto!
    Cheguei a "encontrá-lo" no blogue de uma amiga! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem, Rosa dos Ventos!

      Fico muito contente por seres mais uma das suas muitas fãs!

      Encontraste-o no blog de uma amiga? Então, agora reencontraste-o:))

      Abraço grande, Rosinha.

      Eliminar
  8. Guardamos tudo aquilo que nos faz bem....
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é só o que deveríamos guardar, Lisette...aquilo que nos faz bem!
      O que nos faz mal não interessa guardar.

      Beijinhos.

      Eliminar
  9. Por momentos suena un poco como Paco de Lucía, pero sólo por momentos.

    Saludos

    J.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola, Profesor García.

      Puede que sea la añoranza de Paco de Lucía a sonarle igual a la guitarra de Fausto, aunque sólo por momentos...

      Un abrazo y gracias por venir visitarme.

      Janita

      Eliminar
  10. Sou fã, sim senhor.
    Excelente!!
    Beijinhos e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só poderia ser fã, Pedro!

      Cantores como o Fausto, são raros.

      Beijinhos e o desejo que tenha uma excelente semana.

      Eliminar
  11. ~ Sonoridades, palavras e memórias, muito nossas.
    ~ Arte genuinamente portuguesa que nos toca profundamente.
    ~ Um aplauso ao Fauto, à nossa cultura, à nossa história, a Portugal.

    ~ Obrigada por estes aprazíveis momentos. ~

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ B e i j i n h o s. ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~ Queria dizer F a u s t o, ~

      ~ Que bom seria aparecer, a g o r a, alguém como ele, para revigorar o nosso orgulho nacional. ~

      Eliminar
    2. Olá Majo!

      Faço minhas as tuas palavras, relativamente à nossa História e Cultura, acrescentando mais um louvor ao talento e à voz deste maravilhoso cantor/compositor

      Felizmente, o Fausto ainda continua entre nós, embora um pouco esquecido. Cabe a nós lembrá-lo e não deixar que isso aconteça.

      Um beijinho.

      Eliminar
  12. Aplaudo de pé!
    Janita também eu tenho dessas paixões, também tenho Singlues e LPS que ainda hoje ouço no meu velhinho (mas estimado) Gira Discos.
    Adorei o texto e ouvir aqui o Fausto.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, minha querida Flor!

      E eu aplaudo de pé por te ver sair da toca!:)) O caminho faz-se caminhando, minha amiga! O meu gira-discos ainda está no mesmo sítio de há 30 anos atrás, não sei é se ele ainda toca:

      Se hoje já não der, amanhã vou ao teu cantinho.

      Beijinhos para ti e mando um abraço para o Rodrigo.

      Eliminar
  13. Janita,

    Mas esse barco afunda!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  14. Olá, Argos!

    Não afunda nada, estás a confundir com o Titanic...:)))


    Nem tampouco a Nau Catrineta se afundou!...Aquela, que Almeida Garrett contou em verso, sabes? Não é a do Fausto.

    Fico feliz por te ver chegar são e salvo do Carnaval de Torres Vedras!..:)

    Beijinhos e abraços.

    ResponderEliminar
  15. Não gosto de "Carnavais"!

    Abraço? Não se se mereces

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheheh

      Então porquê?? Eu mereço tudo e não tenho nada. Vê lá o paradoxo.

      Carnavais eu já não os vejo nem na TV! Mas hoje ouvi uma marchinha do blog da Rosa dos Ventos, muito gira. Queres que eu te cante??

      Não? Mas eu canto à mesma! Era assim:

      " Quem sabe, sabe, conhece bem
      Como é gostoso, gostar de alguém..."

      Então, que tal?

      Beijinhos.:)

      Eliminar
  16. Por este rio acima... Obra-prima da música portuguesa!

    Bjis :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Nêspera.

      Excelente designação!...Este álbum de Fausto, pode ser considerado uma verdadeira obra-prima.:)

      Beijinhos, muitos!:)

      Eliminar
  17. Espantoso...e o grande Júlio Pereira também se ouve, aqui...

    beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde houver boa música portuguesa está o cavaquinho do Júlio Pereira.

      Espantoso é ver-te entrar aqui tão sorrateiro, Hugo!:)

      Espero que esteja tudo bem contigo. De vez em quando desapareces.:(

      Beijinhos

      PS. Sabes que conheci pessoalmente o Júlio, há para aí vinte anos atrás, numa loja de instrumentos e artigos ligados à música, na Rua de Sta. Catarina, no Porto? Trocámos algumas palavras e achei-o uma simpatia.

      Eliminar