segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Sonho De Uma Tarde de Verão.







Como diria William Shakespeare:


"…Juro-te que o teu humano Verão 
será eterno;

Sempre crescerás 

indiferente ao tempo na canção… "



Disse eu:


Não fales…
Deixa que o tempo fale por nós
afogarei nas águas do Rio esta saudade
Voa até onde possa levar-te o teu sonho de Liberdade
Eu sei e tu sabes: perto ou longe, nunca estaremos sós.


***************************************************************


================================================


30 comentários:

  1. Bonito post.

    Boa semana, Janita.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ricardo! :)

      Beijinhos e boa semana.

      Eliminar
  2. Ó Janita, rio com letra maiúscula não pressupõe qualquer coisa como, Rio de Janeiro?

    Bá, deixa-te de grandezas e afoga a mágoa mesmo num rio com letra minúscula, mas grande como o Tejo :))

    Beijocas e diverte-te

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epá, Noname...não sejas desmancha-prazeres!!

      Deixa-me cá escrever como quero! Eu gosto de escrever com maiúsculas, tudo o que me parece grandioso e belo!

      Pensas que sou uma Maria-vai-com-as-outras? Eu ainda escrevo os nomes dos meses e dias de semana com letra GRANDE.
      Eheheheh

      Beijocas, até logo, Fiquei aqui por tua causa! Lol

      Eliminar
  3. Enquanto não nos sentirmos sós, seremos felizes!!
    É ou não é um pensamento positivo?!! Estou toda positiva hoje!
    Bjos : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estarmos sós é uma coisa, sentirmo-nos sós é outra; por isso sim, Catarina, tens razão.
      "Enquanto não nos sentirmos sós, seremos felizes!"
      Nem mais!!

      É de pensamentos positivos, como os teus, que nós precisamos. Haja o que houver.

      Beijinhos. :)

      Eliminar
  4. Bonitas imagens. Detesto a solidão como forma de vida. E amo-a como tempo de reflexão e criatividade.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o coração, por vezes, tem estranhas formas de vida, Amiga Elvira.
      De tristeza e isolamento ( solidão com companhia ) até se pode morrer, acredite.
      Bom seria podermos ter sempre perto aqueles que amamos.

      Um abraço e obrigada.

      Eliminar
  5. Prontos, não falo...
    Voltou ao Cristo Rei ou as fotos são de uma outra visita recente, já aqui referida? Seja como for, são bem-vindas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho bem!! :) Quem manda pode!!

      Acha que eu iria voltar ao Cristo-Rei num espaço de tempo tão curto, José?
      Isto ainda são reminiscências da mesma visita.

      Um abraço.

      Eliminar
  6. Tenho de ganhar coragem para subir ao Cristo Rei e ir fotografar lá de cima. Bonitas imagens como diz a Catarina !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu e a tua máquina fotográfica é que iriam captar belos instantâneos, Ricardo.
      Ganha lá coragem que aquilo são só 72 degraus a pique, depois de uma leve subida de elevador.
      A descer, que todos os santos ajudam, para mim foi pior. Os degraus já estão tão polidos que eu estava a ver quando escorregava e caía por aliá abaixo. :)

      Eliminar
  7. Amiga Janita, que belas imagens do nosso Rio, do nosso Cristo-Rei, do nosso País.
    Tenho a certeza que o destinatário deste teu afecto vai estar sempre contigo, perto ou longe! ( como eu sei)

    Um beijinho solidário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Fê.
      Antes de mais quero dizer-te que te enviei um mail...

      Não sei se voltarei a visitar o monumento, creio que não. Mas fotografei, tudo à volta, e fui fotografada, no mais emblemático local do nosso país.
      Obrigada pelas tuas palavras, amiga, tu sabes que eu sei que tu sabes. Haja saúde, para todos.

      Um beijinho grato.

      Eliminar
  8. Lindo o que disseste tu ! :) ... Certamente mais lindo que a citação de Shakespeare, seja qual for o "destinatário" ! :)
    Os Sonhos, não se devem nem podem, deixar morrer !

    Abraço grande ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Amigo Rui!
      É sempre um prazer receber a tua visita e ler as tuas reconfortantes palavras.
      O destinatário é o que indica a etiqueta do post. :)

      Um grande e grato abraço. :)

      Eliminar
  9. Querida Janitamiga

    Lisboa é linda se a virmos de qualquer ângulo, da outra margem ainda é melhor - se tal fora possível.

    As fotos só o comprovam - são também belas; mas o Cristo são mais do que excelentes - são excelentíssimas.

    E agora só cá pra nós que ninguém nos ouve schiuuuuu hoje (0:50) faço 75 aninhos - em Lisboa...que linda é

    Bjs da Raquel e qjs do Leãozão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lisboa é linda, sim senhor! Sinto um carinho especial por essa cidade e zonas limítrofes, onde passei os melhores e mais encantados anos da minha adolescência e juventude.
      Mas o Porto é a minha casa, o meu refúgio, a terra onde criei raízes. Independentemente de tudo!

      Tá bem fazes anos e depois? Nem uma fatia de bolo ofereceste.
      E Parabéns a dobrar é para o segundo andar!!

      Resto de Dia Feliz. :)

      Um abraço.

      Eliminar
  10. Lindas fotografias e belas palavras que escreveste!! Aproveito para te desejar uma excelente semana,tudo de bom,fica bem querida!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sandra! :)

      Boa semana para ti também.

      Beijinhos

      Eliminar
  11. A linda Lisboa como fundo.
    Gostei muito.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que as fotos com algum 'tratamento' poderiam ter ficado mais luminosas, Pedro. Mas foram o que se pode arranjar com o material disponível. :)

      Obrigada, beijinhos.

      Eliminar
  12. Em primeiro lugar,quero dar-te as boas-vindas ao meu blogue,em segundo lugar,quero agradecer a visita e o comentário que me fizeste lá no blogue,fico contente que tenhas gostado das frases que fiz na brincadeira da chica com a palavra serenidade!! Beijinhos e fica bem!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui, tudo se faz por e com vontade, Sandra. Não são necessários agradecimentos.
      Não faço nem nunca fiz fretes. Também tu és muito bem vinda aqui no meu cantinho. :)
      Fica bem.

      Eliminar
  13. Ia perguntar porque é que o sonho acabou à tarde e não se prolongou à noite ou manhã seguinte, mas já cá não está quem assim pensou... :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se estaremos a falar do mesmo, Teté, mas, para mim, o sonho foi ter feito uma visita pela primeira e, quiçá, última vez, a um local que há muito desejava conhecer de perto.
      Também, porque me acompanhou o meu filho e cada minuto teve um valor especial.:)

      Beijocas.

      Eliminar
  14. Janita, Nunca fui ao Cristo Rei, estou a ver que tenho que ir com o Ricardo ! lol
    Lindas fotos e espero que fiques com os pensamentos positivos, guarda-os, não te desconcentres...tudo de bom é o que mais te desejo. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Papoila, aí está uma excelente ideia! :) É só combinarem, afinal vivem relativamente perto, tu e o Ricardo. Lol

      Irei guardar no coração casa instante, dos muitos em que tenho sido feliz, por esses lados e por outros.

      Grata pelos teus bons desejos, que me tocaram muito fundo.

      Um beijinho amigo, Papoila.

      Eliminar
  15. A magia e o encanto da minha terra, de onde se olha para a capital sempre bela.

    Beijinho, Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Observador,
      O que eu gosto quando soltas o teu lado romântico. :)

      Quando estava lá em cima olhando para a cidade que se estendia na frente dos meus olhos, pensei muito em ti e na amiga Fê.
      Só fazendo zoom se conseguiria ver Lisboa como eu gostaria de a ter visto.
      Um dia ainda tenho de ir ao Castelo de São Jorge ou ao Miradouro da Graça.

      Beijinhos, António.

      Eliminar