quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Este Meu Jeito.

 Picasso "Black and White"

Não me perguntes
porque me sinto só
não queiras saber o
que se passa no meu peito.
Há um imenso mundo
emaranhado no meu ser.
A culpa de quem é?
Só pode ser do torvelinho
que é a tempestade de ser,
confusa e sem jeito,

deste meu jeito…


==========================================

35 comentários:

  1. Nem sempre é fácil compreender Picasso (no que me diz respeito). Este é um dos quadros que me confunde... E o teu poema também. : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um de nós é um mundo secreto, por vezes emaranhado em sentimentos, mas nunca simples...vai por mim, Catarina! :)

      Beijos.

      Eliminar
    2. Eu sei, Janita. E esse mundo secreto deve permanecer secreto. Apenas nos pertence e a mais ninguém! : ))

      Eliminar
    3. ...eu não o diria melhor, querida Catarina! ;))

      Eliminar
  2. Quando as areias que nos suportam se tornam movediças, fica difícil mas, atrás do tempo tempo vem e se agora o ser é de fragilidade, em breve terá dureza de diamante e avançara destemido.

    Beijo daqui até aí Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Destemida sempre fui, Noname. Não sei se feliz, se infelizmente. Esperemos que encontre solo seguro, onde assente os pés, sem desequilíbrios.

      Beijinhos, muitos! :)

      Eliminar
  3. Quadro e poema juntam-se para me deixar confuso.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querias que fosse apenas eu a confusa? Nã...:))

      Beijinhos, António. :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Sem dúvida, Mar Arável. Nada é mais complexo do que a simplicidade.

      Beijinho.

      Eliminar
  5. Nunca ninguém, realmente, quer saber o porquê da solidão...

    boa tarde Janita!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, mesmo. Apesar da proximidade do mundo, nunca as pessoas estiveram tão distantes e indiferentes.

      Boa noite, Noonchild.

      Obrigada! :)

      Eliminar
  6. O Picasso sempre foi confuso. Não o teu poema !
    Só gostaria de te sentir mais positiva e com menos dúvidas !

    Abraçaço ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem não tem dúvidas, amigo Rui? Cada vez me sinto com menos certezas...:)

      Beijinhos e abraços.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Verdade, Papoila.
      Por vezes, até nós ignoramos o quanto somos complicados, parecendo e julgando-nos simples de entender.
      Beijos.

      Eliminar
  8. Desse teu jeito e muito bem!
    Nada é simplesmente preto e/ou branco, ninguém....

    Abraço grande cinza azulado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não sei, Ricardo.
      Sinceramente, já não sei se este meu jeito de ser e estar, que é meu e não posso nem quero mudar, não será a causa de tantos fracassos meus.

      Beijinhos e um abraço grande.

      Eliminar
  9. Janita
    teu jeito
    tem preceito
    num Mundo
    sem jeito nenhum

    Só?
    Isso pensas tu!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digo 'só', Rogério.
      Não acredito é que este meu jeito tenha esse tal preceito, que me parece algo de bom, nesse seu jeito de o dizer.

      Um abraço, amigo Rogério.

      Eliminar
  10. E pode ser sofrido, mas é bonito esse seu jeito.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não diria que é sofrido, Elvira. Hoje, é mais desiludido...

      Abraço.

      Eliminar
    2. Ah, e obrigada, amiga Elvira! :)

      Eliminar
  11. Uma maravilha.
    Sublime!
    Beijinhos
    KUNG HEI FAT CHOI!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maravilhoso é esse seu jeito, amigo e tolerante, de ser, Pedro!

      KUNG HEI FAT CHOI...também para si, meu Amigo!

      Beijinhos.
      ( desfrute bem desses dias de descanso, em honra do Novo Ano Galo. :) )

      Eliminar
  12. O tropeção de há dias teve sequelas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehe...mas eu não bati com a cabeça, José!!

      Beijinhos, bom fim-de-semana

      Eliminar
  13. O confuso por vezes é mais belo do que o retos traços das linhas ou pensamentos. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anabela.

      Obrigada pela opinião.:)

      Beijinhos

      Eliminar
  14. Um pouco triste , mas não deixo de admirar esta escrita, que penso que todos, num momento ou outro nos cai que nem uma luva.

    Bom fim de semana

    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Manu.

      Beijinhos, bom fim de semana.

      Eliminar
  15. Uau!
    Num simples poema, quão o horizonte se dilatou, Janita!
    Parabéns, a tua alma é enorme.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há em mim uma natural timidez em manifestar sentimentos, em me libertar, A.C.. :) O que faço, de quando em vez, se para aí estiver virada, é como que uma brincadeira de crianças...:)

      Beijinhos.

      Eliminar
  16. Que lindo, Janita!!! Gostei muito!! Estás cá uma poeta!!! Parabéns.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) Obrigada pela gentileza, Graça!!

      Beijinhos, boa semana

      Eliminar