terça-feira, 30 de dezembro de 2008

"A Carta de Pequim" by Pearl Buck

Como constatei que, para além de mim, mais nenhum blogger leu este livro, vou dar-lhes um "cheirinho".
Conta a história de dois jovens, ela norte-americana e ele de ascendência chinesa por parte da mãe, que se apaixonam, casam e vão viver para Pequim.
A vida deles lá é bastante atribulada, devido à Revolução Chinesa e à consequente ditadura comunista . Mais tarde e já com um filho, ela é obrigada a voltar para a América, mas ele é forçado, pelo regime, a continuar na China. Os anos passam e ela vê-se confrontada com o drama de educar um filho, chinês/ americano, num meio rural onde o preconceito racista estava fortemente arreigado no espírito das pessoas. Para além disso, é o próprio rapaz que renega fortemente, o seu lado chinês. Até que um dia ela recebe uma carta do marido, vinda de Pequim, onde ele lhe comunica ter sido intimado a escolher outra mulher. Já não bastava ele jurar lealdade ao regime, tinha de repudiar todo o seu lado estrangeiro e só dessa forma, poderia ter alguma garantia de continuar vivo.
No final, acaba por ser morto quando tentava evadir-se do país para se juntar aos amores da sua vida: a mulher americana e o filho de ambos.
Este é um romance escrito de forma simples e sem grandes pretensões, mas que me marcou profundamente. Esta escritora, viveu muitos anos na China e grande parte das suas obras são dedicadas à vida e à cultura deste povo.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. É com blogs como este que vale a pena navegar na Blogosfera! Continua os excelentes posts! Até pode servir para as pessoas desintoxicarem da literatura lixo que existe hoje em dia e conhecerem grandes obras. Beijos à Janita!

    ResponderEliminar