sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Porque Hoje É Sexta-Feira. # 30


Hoje resolvi trazer a graça e o charme inconfundíveis do fabuloso comediante que foi Charlie Chaplin, para nos fazer companhia!

Na personagem que encantou - e continua a encantar - miúdos e graúdos, Charlot, não precisava de fazer uso da palavra verbalizada para fazer rir.

Bastava-lhe usar os seus predicados de grande mimo e a soberba arte de expressão corporal, para desencadear uma onda de bom humor.


Neste trecho de "Tempos Modernos", não se sabe ao certo se Chaplin canta, ou faz play-back da canção: "Je Cherche Après Titine", na versão italiana.
Se algum de vós tiver a informação correcta acerca deste pormenor, agradeço que me esclareçam.

Ora façam lá o favor de ver... e sorrir!




  



DESEJO A TODOS UMA SEXTA –FEIRA


MUITO FELIZ.




                                   

35 comentários:

  1. Qual sorrir
    é mesmo para rir
    Rir e admirar
    O mimo
    O dançarino
    O cantor

    Ainda hoje, há melhor?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rogério riu? Que bom! Eu só sorri.
      Hoje, então, estou desconsolada com tanta chuva que nem me apetece rir.
      O Chaplin era tudo isso e, acima de tudo, um grande humanista. Um homem que sempre se preocupou com os problemas sociais, com os mais desprotegidos e carenciados.
      Não há melhor, não senhor!

      Abraço!

      Eliminar
  2. A expressão facial e corporal são inimitáveis.
    Um génio!
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um génio como não há, nem haverá, outro igual.

      Beijinhos, bom fim-de-semana.

      Eliminar
  3. Olá Janita!
    Resolveu trazer Charlie Chaplin, e muito bem!
    Uma figura inconfundível, da comédia e da representação, um bailarino sem igual.
    Um mito que fica na imortalidade!
    Beijo, e uma santa noite!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, Rosélia, hoje não me apeteceu trazer a palhaçada semanal, do costume.
      Isto é fazer humor com classe, com arte e saber!

      Beijinhos e bom FDS

      Eliminar
  4. :) Uma sexta-feira na excelente companhia do inesquecível Chaplim, é sempre uma boa sexta-feira.


    Beijinho, Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu achei que sim, Maria João, e fico contente por pensar o mesmo.

      Beijinhos e feliz fim-de-semana

      Eliminar
  5. Uma excelente maneira de começar o dia. Muito obrigada.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já que o tempo não ajuda, que nos ajude o Charlot, Elvira!

      Abraço e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  6. Sorrir faz bem e nos deste belo motivo aqui! beijos, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  7. Vi tantos dele e adoro sempre. Estes improvisos são fantásticos.. só ele!. Hahahha
    Muito bom!!

    A chuva invade-me a alma
    Beijos e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma personagem que nos inspira a viver de sorriso no rosto, Cidália. Coisa que bem se precisa, nos tempos que correm.

      Beijinhos e bom FDS

      Eliminar
  8. Maravilhoso, Será sempre um Artista intemporal.
    Uma Boa sexta feira e Bom fim de Semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Intemporal, diz bem, Paula! :)

      Obrigada e igualmente, para si e para os seus.

      Beijinhos

      Eliminar
  9. Emigrei.
    Chaplin foi de facto um génio e ousou ir a "locais" perigosos para a época.
    Se é ele a cantar ou foi dobrado, não faço ideia, mas inclino-me para a segunda hipótese, o que nada afecta a sua actuação.
    bcc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Emigrou? Para o Brasil, suponho, que é onde se está bem!!!

      E inclina-se bem que é para o lado que me inclino também.

      Essa coisa de bcc quer dizer o quê?
      A preguiça é tanta que já escreve por siglas?

      Beijinhos ( aprenda, que eu não duro sempre)

      Eliminar
  10. Janita,
    Que alegria ler aqui no Blog hoje
    e especialmente sobre esse gênio
    Charles Chaplin.
    Li a biografia dele,
    já leu?
    Fiquei apaixonada com tudo
    que aprendi.
    Que tenhamos todos uma
    feliz sexta feira.
    Grata por tão boa postagem.
    Bjins
    CatiahoAlc. do Blog Espelhando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Amiga!

      Alegria sinto eu por a ver aqui.
      Diz bem, que tenhamos todos dias bons e felizes.

      Beijinhos e grata lhe fico eu, minha amiga.

      Eliminar
  11. Ora, Janita, que coisa boa para sexta-feira à noite.
    É nesta qualidade que o regimento, melhor, o exército de humorístas "actuais", quero dizer, no activo, incluindo militares, incluindo políticos, deveria beber. Então agora que andam todos a nadar na piscina de Tancos: sabem tanto e não têm graça nenhuma...
    Beijo, Janita (o Cantinho é uma beleza).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Agostinho, com a sua rara qualidade de fazer humor com as 'tristezas' que grassam pelo país e arredores, fez-me rir.
      Realmente, quantos políticos se deveriam inspirar nesta arte que fez de Charlot um ser superior, mas não, preferem as trafulhices dos sem-vergonha. O que eles sabem, Agostinho, sabemos nós bem...

      Beijinhos e obrigada pelo elogio ao Cantinho! :)

      Eliminar
  12. Haverá lá coisa melhor que terminar a semana com sorrisos de orelha a orelha? Adorei...adorei...adorei...Obrigada :))Mande mais :))

    Do nosso amigo Gil António, com Teu olhar ... me seduz

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente a outra coisa melhor, seria ter-nos saído o €uromilhões, Larissa! :) Se bem que eu não tenha feito!

      Beijos e noite boa.

      Eliminar
  13. Outros tempos, outro humor, com a classe genial de Charlie Chaplin !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazer rir é das artes mais difíceis de conseguir, e sem palavras só mesmo Charlie Chaplin.
      Obrigada, Ricardo.

      Eliminar
  14. Que raio, emigrei para aqui, para o Cantinho.
    Como deve saber, usa-se o bcc nos mails, quando os enviamos a muitos amigos ao mesmo tempo, sem que nenhum deles tenha acesso aos restantes emails. Ali, no meu comentário, deve ter sido confusão com as teclas...
    Assim sendo, beijinhos e bfs.

    ResponderEliminar
  15. Obrigada Janita, por estes minutos de magia!
    Charlie Chaplin "esqueceu a letra" e inventa misturando francês, italiano e espanhol.
    E os movimentos? O máximo! Michael Jackson buscou nele inspiração... digo eu!
    Grande postagem, amiga!
    Beijo e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada para agradecer, Teresa.
      O mérito é do Charlie.
      O Michael Jackson inspirou-se na personagem Charlot,dizes? Olha que és capaz de ter razão, só que não conseguiu atingir o objectivo.

      Beijo, bom fim de semana

      Eliminar
  16. Ele era demais, acho que naquele tempo não havia paly-back :)
    Bom fim de semana Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para fazer play-back bastava pôr a grafonola a tocar e o Charlie mexer os lábios e fazer os gestos. Tão simples quanto isso.
      Bom fim de semana, Mena.

      Eliminar
  17. Acho que o Chaplin é uma das poucas unanimidades mundiais. Bem lembrado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Unanimemente admirado por gerações e gerações em todo o mundo.
      Às vezes tenho boas lembranças, Carlos.
      Obrigada.

      Eliminar