quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

A PONTE E A NUVEM.

REEDIÇÃO em 05-01-2017.

Antes de mais quero agradecer a participação de todos os amigos que visitam este cantinho. :) Muito Obrigada a TODOS!
Seguidamente, vamos à realidade dos factos:

1º : Quando referi que a foto era 'minha', não quis dizer que fui eu que a tirei. Quis referir que não era da net.  Na verdade, quem captou este belo momento, foi o meu genro. 

2º : Essa nuvem, que faço referência no título, trata-se da nuvem do fumo de cigarro. Quando o fotógrafo, fez o clique, tinha expelido o fumo do cigarro, que se espalhou no ar, dando origem a esse efeito tipo: a célebre neblina pardacenta de quem vem e atravessa o 'nosso' belo rio...ou algo surreal!! Sei lá!!... :))  Zangados? Defraudados? Não fiquem...a minha intenção foi a melhor: partilhar convosco uma foto muito bonita. 




Emoldurada pelas suas 6 maravilhosas Pontes sobre o rio Douro, a cidade do Porto constitui um dos mais belos conjuntos arquitectónicos do mundo.

Esta é a Ponte da Arrábida ( quem o não sabe?) Inaugurada a 22 de Junho de 1963,  projectada pelo maior engenheiro de pontes português: Edgar Cardoso, sendo considerada, na altura, a maior ponte em betão armado.
Há mais informações interessantes sobre esta obra de grande valor arquitectónico, mas aquilo que eu gostaria de saber é se alguém me sabe dizer de onde provém esse clarão que desce do céu e termina no chão.

Que vos parece?  Garanto-vos que não é nenhuma montagem nem foi feito nada propositadamente. A foto é minha. 

03-01-17
00000000000000000000000000000000000000000000
0000000000000000000



52 comentários:

  1. Holofote?

    Fiquei a conhecer pormenores interessantes que desconhia.

    Bjos : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Catarina, não é um holofote.
      Quanto aos pormenores sobre esta Ponte, já vi que o Amigo José (500) fez o favor de adicionar mais uma série de valiosas informações. Vai lá ler...:)

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Um objeto não identificado? :)
    Ah, o Porto é uma cidade linda!

    Beijinhos, Janita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, querida Miss Smile!
      Não é um ONI nem sequer tem a ver com OVNI's. :)
      E sim, o Porto é uma cidade linda. Agora, mais do que nunca.

      Sabe que há uma pista no título do post? Ah, pois, é.

      Beijinhos. :)

      Eliminar
  3. Foste muito feliz com esta foto Janita ! Está fantástica, até por essa "oportunidade" que creio ter acontecido durante muito pouco tempo !
    Da ponte em 1963, assisti lá no local à colocação do último tramo (o central), feito com pompa e circunstância ! :)
    Quanto ao clarão, creio ter sido resultante dos "faróis" de um avião (a chegar ao Porto) , ou então de um helicóptero (há aí muitíssimo perto um heliporto, em Massarelos), no entanto, não costumam circular à noite. Pode ter acontecido esporadicamente. (?)

    Beijoca ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curiosamente, essa mancha aconteceu no preciso momento do clic, Rui. Foi um mero acaso...Como já disse à MS, há uma pista e tu és um excelente intérprete de pistas...:)
      Não tem nada a ver com faróis de OV, identificados, como os que referes, ou outros. :)

      Beijocas, Rui! :)

      Eliminar
    2. Seria um relâmpago naquele preciso momento ? ...e a luz reflectiu-se nas nuvens e no nevoeiro ?...

      Eliminar
    3. Não havia nevoeiro, Rui. :)
      De tão fácil que é e tão inesperado, sobretudo pelo efeito conseguido, sem que para isso tenha havido uma intenção prévia, é que eu achei que valia a pena mostrar-vos a foto.

      ( estive agorinha a falar para Viena, Rui. O Júnior vai amanhã.)
      .

      Eliminar
    4. Um foguete de fogo de artifício na Afurada ?

      Eliminar
    5. Também não Rui!

      Irei já de seguida fazer a reedição e, a verdade, toda a verdade, passará a ser do domínio público. :))

      Eliminar
  4. Pois a origem da luz não ta posso dar :( um clarão no nevoeiro????
    Gostei das informações sobre a pobte.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que não vai ser fácil, Papoila. Não, porque tenha havido algum fenómeno extraordinário, mas pelo insólito da coisa. :)

      Beijinhos

      Eliminar
  5. A origem não sei, mas que deu uma bela foto é um facto.
    Um abraço e Bom Ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, ninguém é adivinho, Elvira.
      Fiz a pergunta porque gosto de reunir os amigos aqui. :)

      Um abraço e Bom Ano também para si, amiga Elvira.

      Eliminar
  6. Pois...Não sei!

    Mas está muito boa a fotografia.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Quando souberes vais ficar admirado, Ricardo.

      Não acho que a foto esteja espectacular, mas está invulgar.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Fiquei curioso...

      Outro abraço

      Eliminar
    3. Curioso, por natureza, já és, Ricardo...Imagino agora com um mistério desta «natureza». ;)

      Retribuo com outro abraço.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Poder, podia, Eufrázio, mas não é! :)

      Beijinho

      Eliminar
  8. A foto é fabulosa, mas o porquê daquela luminosidade é-me desconhecida. Não sou entendido em física e similares.
    Acompanhei a construção da ponte e também assisti ao espectáculo da colocação do último tramo. Disse-, na altura, que engenheiros de vários países, nomeadamente suecos,vieram cá ver a obra que se dizia que diziam que ia colapsar.
    Também se disse, então, que o António Salazar veio ver a obra no dia seguinte e terá ficado encantado.
    A "Casa da Ponte", atelier do eng.º Edgar Cardoso para a obra, ainda existe, agora como restaurante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por essa altura estava eu muito longe de imaginar que um dia viria para a Invicta, José. Era ainda uma catraia e vivia na periferia da capital.
      Vieram todos ver a obra, profetizaram desgraças, mas ela continua ali de pedra e cal.
      Um dia hei-de ir ao restaurante que foi atelier do célebre obreiro do projecto da ponte. Obrigada pelas informações adicionais, que valorizaram muito esta publicação.

      Um beijinho.

      Eliminar
  9. Se fossem mais cores diria que era do arco-íris! Ah e gostei do que li sobre a ponte.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderia ser, Adélia...
      Se as circunstâncias tivessem sido outras!
      Não choveu e era noite.:)

      Um beijinho, querida amiga. Vais ficar admirada.

      Eliminar
  10. Corrijo: "desconhecido" e não "desconhecida", como é elementar (meu caro Watson, perdão, cara Janita).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por quem sois, caro Sherlock Holmes...Quem nunca se enganou que atire a primeira pedra...:)
      Já me proporcionou a gargalhada que faltava. ;)

      Eliminar
  11. A foto está excelente, Janita.
    E reflecte bem a linda cidade do Porto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei muito desta foto, Pedro.
      E o Puorto é liiiiinnndo, sim senhor :)
      Beijinhos

      Eliminar
  12. A foto está bem bonita e quer-me parecer que o clarão é de alguma discoteca que na hora estava a bombar.

    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehe...não sei se há alguma discoteca para aqueles lados, Manu. :) São locais que não frequento. Não, porque não goste de dançar, mas porque o barulho ensurdecedor me é insuportável. O som da música parece que me bate directamente, no coração. Uma sensação horrível. Fui uma vez e jurei para nunca mais...:))

      Beijinhos, Manu.

      Eliminar
  13. Uma suave neblina cruzada com a luz artificial?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por pouco acertavas na mouche, António! Olha que tu...;))

      Beijinho.

      Eliminar
  14. talvez o "espírito" do Porto Sentido, bem captado por teu olhar.
    bela foto.

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse espírito é decerto sentido, Manuel Veiga, apesar de não ter sido por esta Ponte que o Rui Veloso 'veio' e atravessou o Rio. Foi pela outra, junto à Serra do Pilar...

      Beijo.

      Eliminar
  15. Muito Bom, Janita !!! ... e ainda "pedes" desculpa ? rsrs
    Qual zangados, qual defraudados ?! ... Estás de parabéns !!!
    Uma bela ideia para algumas tentativas dos amantes fotográficos !
    :))

    Beijo esfumado !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois!...Já viste, Rui? :) Tem é de ser noite, com a luz do dia é capaz do fumo não dar o mesmo resultado de nuvem nebulosa. Lol. Engendram-se tantas coisas para fazer efeitos especiais em fotografia e, afinal, aqui está um método simples e eficaz. Sobretudo, junto a uma ponte...:))

      Beijinhos (defumados) e obrigada, Rui. :)

      Eliminar
  16. Chego aqui já com o mistério desvendado, mas gostei de ler todas as suposições. E a foto está o máximo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chegaste com a papinha pronta, é o que é, Luísa. LOl

      Este 'efeito especial' para ti não dá, pois não? As tuas fotos respiram luz e cor.

      Obrigada, beijinho. :)

      Eliminar
  17. Parece que já cheguei atrasada, mas é como dizes, a foto está muito gira e só por aí vale a pena... :)

    Jinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui, chegam todos a tempo e horas, Teté.
      Foi o que eu pensei quando vi a foto, tão gira, :) pedi logo para me a enviarem. Sempre pensando em vós, claro. :)

      Beijinhos.

      Eliminar
  18. Não fiquei totalmente admirada Janita, mas não imaginava que era de cigarro, sei que não fumas e não sabia que a foto não tinha sido tirada por ti, mas pensei em fumo porque tirei uma foto numa noite muito fria onde a minha respiração parecia fumo e a foto ficou com um efeito muito especial e bonito.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste, Adélia! :)

      Um beijinho

      Eliminar
  19. A nuvem...
    Português Suave?

    Ah, a ponte
    essa passagem
    para a outra margem

    (bonito, isto)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nuvem não é PS, camada Rogério. Acho que o rapaz fuma cigarros que faz com mortalhas e tabaco embalado, depois é numa maquineta enrolado. Diz que o vício sai mais barato! :))

      Beijinho, bom fds.

      Eliminar
  20. Cigarro!!!
    Então era isso...
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois era...Tão fácil, não era, Pedro?
      Aconteceu, não foi propositado.

      Beijinhos, Bom fim de semana

      Eliminar
  21. Não me sinto nada defraudada ou enganada, querida Janita. Pelo contrário, gostei do desafio! O efeito ficou muito interessante.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabia que podia contar com a sua compreensão, querida Miss Smile.
      Aproveitei o efeito do fumo para lançar este leve desafio à imaginação dos amigos. :)

      Um beijinho e o meu sincero agradecimento. :)


      Eliminar
  22. Só cheguei agora e por isso não vivi o mistério que teria sido por tentar adivinhar a coisa.
    Mas atrevo-me a comparar a imagem com outras que mostram, no hemisfério sul, aspectos da designada aurora boreal.

    Esta será das poucas situações em que (o fumo de) um cigarro não faz só mal; também embeleza!
    Beijokas enfeitadas de sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, meu Amigo Kok. Finalmente, encontrou-se uma aplicação útil e benfazeja para o consumo do cigarro. Quem diria, né?

      Beijokas e sorrisos sem nuvens de fumo a ensombrar.

      Eliminar
  23. Chiça, e, depois deste elucidativo exemplo, ainda há quem diabolize o tabaco! :)

    Um beijinho :

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheheh---Quem diria, não é A.C.? :))

      Beijinhos. :)

      Eliminar