terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

PATOS, PATAS E PATINHOS!

 ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»ðŸŒ»


🌻🌻🌻

O pequenino pato amarelo 

É simplesmente diferente

Não é mais feio nem mais belo

Que são os da sua gente.


Não tem a alva brancura

Tão pouco a mesma destreza

Sequer reteve a frescura

Dos que nasceram com beleza


Mas o pequeno e desastrado Patinho 

Não ficou a chorar a um canto

Tanto fez e ensaiou, não se fez de coitadinho

Que conquistou simpatia, amor e encanto!


🌻🌻🌻🌻



Adenda: Há pouco, ao agendar a publicação, esqueci-me de lhe dar título. Dei agora e ainda vou muito a tempo. 


30 comentários:

  1. Que vídeo enternecedor!
    Dá vontade de dizer:
    Todos os patinhos sabem bem dançar!
    Claro que o poema é teu - parabéns!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo neste vídeo tende a enternecer-nos, querida Leo.
      Desde os jeitos e trejeitos das crianças, numa imitação perfeita das brincadeiras infantis, até ao patinho amarelo tão bem ensaiado para desempenhar o seu papel de desajeitado. : )

      Forte abraço com votos de um bom dia.
      (é aproveitar que amanhã já chove.)

      Eliminar
  2. Video e poesias lindas! Um amor!
    beijos, chica

    ResponderEliminar
  3. Um post que é um amor!
    Beijinho, minha amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bondade tua, querida Ana. : )
      Um beijinho e obrigada.

      Eliminar
  4. Vídeo brilhante. Poema que muito gostei de ler.
    .
    Cumprimentos poéticos.
    .
    Poema: “ Amor livre e consciente “
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As crianças emanam sempre um raio de luz que brilha e rebrilha, como o ouro puro, caro Rycardo.
      Obrigada!
      Cumprimentos amigáveis

      Eliminar
  5. Um vídeo encantador e um poema soberbo. Adorei! Amiga Janita, boa semana e beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Rosa-Branca...é sempre uma alegria rever-te pelo nosso blogobairro.
      Vou fazer uma piadinha com os adjectivos que usaste porque sei que não levas a mal. : ) Acho que 'soberbo' será o vídeo, quando muito, os meus versinhos serão encantadores.

      Um beijinho grande amiga, com votos de muita saúde.

      Eliminar
  6. Rogério V. Pereira21 fevereiro, 2024 00:44

    "O melhor do mundo são as crianças"

    Beijinho deste patinho (feio)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bolas! Aonde foi para a minha resposta ao teu querido comentário, Rogério?
      Tanto presumi que, às tantas, envaidecida, não cliquei no 'publicar'. :(
      Cá vai tudo de novo, se não for igual é parecido. Tu mereces!
      Sobre as crianças reforcei a tua opinião, já sobre o teu beijinho de patinho (feio) contradisse e elogiei a tua beleza interior. : )

      Repito os beijinhos, todos, todinhos!!

      Eliminar
  7. Os chineses, se querem e quando querem, são imparáveis.
    E começam a cultivar algumas características de personalidade (disciplina, trabalho) desde pequeninos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meticulosos e pacientes, quando querem também sabem ser belos e criar beleza! Eles sabem que é desde tenra idade que se formam os vencedores.
      Mas isso, o Pedro sabe-o muito melhor do que eu.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Não sei o que dizer! Ballet é coisa de meninas, não é? E pato é o bicho mais desengonçado que vive à face da Terra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está!!... Criar beleza a partir das coisas que a Natureza fez menos belas, requer paciência e sabedoria.
      Nisso, ninguém 'bate' os chineses.
      Ah, pois é!! 😜

      Eliminar
  9. Bom dia
    Com um pouco de atraso mas a tempo de louvar este belo trabalho .
    O vídeo está simplesmente maravilhoso e o poema , já estamos habituados à sua categoria .

    JR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca chega tarde, quem sempre chega, caro amigo JR!
      O vídeo tem aquela graça especial, que só tem o que as crianças conseguem fazer. Como também fiz teatro infantil e recitei poemas que ainda hoje lembro, não resisto à ingenuidade dos pequenitos.

      Um abraço e tudo de bom.
      Sobretudo, saúde!

      Eliminar
  10. Oh! Que delícia de patinhos! :) Bem merecem o poema que lhes dedica, Janita!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. : ) Deslizar de joelhos em palco, como se nadassem num lago, é tão enternecedor, não é, Mª João?
      Gostei tanto quando um amigo me o enviou, que não resisti ao prazer de o partilhar com os amigos. : )

      Muito obrigada e um grande abraço.

      Eliminar
    2. É profundamente enternecedor, sim, Janita! E são todos tão pequeninos, ainda... :)

      Outro grande abraço!

      Eliminar
    3. Segundo disse o Pedro Coimbra que conhece de perto essa realidade, disciplina, rigor e método, são qualidades cultivadas e incutidas nas crianças, desde tenra idade.
      O sorriso, esse, deve ser o complemento para uma boa performance. : ) Coitadinhas, mas parecem gostar do que fazem... : )
      Obrigada pelo seu tempo e atenção, Mª João!

      Eliminar
  11. Que coisa maravilhosa!!!
    Grato pela partilha.
    Beijinhos, Janita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom teres gostado, António.
      Este é o tipo de 'coisa' que me surpreende pela positiva.

      Um beijinho grande!

      Eliminar
  12. de uma beleza infinda
    parabéns pela partilha Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário, vindo da 'outra face da moeda' do versátil Zaratustra, aquela face sensível e doce, por acaso não me surpreende.
      Foi um gosto receber a sua visita.
      Obrigada, por isso.

      Eliminar
  13. Tudo o que pequenino tem graça. Adorei este bailado e as tuas palavras,
    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este vídeo tem tudo para agradar aos corações sensíveis! : )

      Um beijinho grande, querida Manu.

      Eliminar
  14. Já conhecia o vídeo e voltei a ver de tão belo que é. Também as tuas palavras foram do meu agrado. Valeu a pena vir aqui
    Beijos e uma boa tarde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico-te reconhecida, amiga, pois sei o quanto deves ter o teu tempo todo ocupado.
      Um beijinho.

      Eliminar