domingo, 26 de março de 2023

E AS VENCEDORAS SÃO... 🏆


 ...AS MAMÃS DA ACTRIZES E DOS ACTORES DE HOLLYWOOD...


🏆 🏆 🏆 🏆




🏆


É notória e sentida a emoção que a actriz

 Halle Berry manifesta ao receber o Oscar  para melhor actriz, em 2002.




Pergunto: Por onde andariam os pais?

Porém, talvez seja mesmo verdade que

não há influência tão poderosa 

quanto a das mães. 



🏆 🏆 🏆 🏆 ðŸ† 🏆 🏆 🏆

22 comentários:

  1. : )) Muito emocionante.
    No caso da Halle Berry, os pais divorciaram-se quando ela tinha 3 anos. O pai era alcólico, abusivo emocial, verbal e fisicamente, como ela confirmou num programa. Não sei se foi criada por um padrasto para além da mãe. De qualquer forma a mãe foi o seu pilar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recebi este vídeo hoje e também achei um mimo este apanhado dos vários agradecimentos feito pelos actores vencedores dos Oscares, ao longo dos anos. Uma homenagem linda a todas as Mulheres, Mães, Avós e educadoras.
      Trago-te NESTE VÍDEO, todo o discurso de Halle Berry que é de facto emocionante ao ponto de deixar toda a assistência e nomeadas, com lágrimas nos olhos. Creio que a emoção maior foi ter a actriz sido a primeira mulher negra a receber o Oscar. Quando puderes vê. :)
      Beijos, Catarina.

      Eliminar
    2. Lembro-me perfeitamente destes Óscares, do discurso dela e deste vestido icónico que para sempre ficará na nossa memória. Vestido criado por Elie Saab. Que bem lhe ficava!!

      Eliminar
    3. Engraçado como vinte anos depois ainda te lembras. :)
      Eu, deixei de ver, porque gostava de ver em directo e cheguei à conclusão que nem as horas passadas em claro, nem os filmes galardoados valiam a pena. :) Desta Gala em que a Halle Berry ganhou, não me lembrava. O pequeno vídeo foi montado creio que no ano passado. Foi uma ideia gira.
      O vestido era lindíssimo, sim. :))

      Eliminar
    4. E eu que nem de tudo já me recordo!!
      Esta cerimónia foi muito falada na altura (e mesmo ao longo destes anos) pelo significado de quem recebeu o Óscar, por ser uma linda atriz e, igualmente, pelo vestido. : )

      Eliminar
    5. Sabes, eu há anos que não ligo muito a isso da noite Óscares. Talvez tenha prestado um pouco mais de atenção, no ano passado, por causa daquele fusué da bofetada de Will Smith no cómico que teve um dito infeliz. Enfim, coisas à Hollywood.
      :)

      Eliminar
  2. As mães são especiais, Janita.
    Por muito que os pais o queiram negar.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também existem pais especiais, Pedro, se bem existam outros que nem o nome mereçam. Se um dia eu tivesse ganho uma estatueta por me distinguir em algum feito especial, seria à minha Mãe que a dedicaria, sim! :)
      Beijinhos, boa semana.

      Eliminar
  3. Há sempre influência da família no que fazemos de relevante, principalmente das mães.
    Boa semana, minha amiga Janita.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sempre, amigo Jaime. Quantas vezes temos conhecimento de pessoas que viveram em famílias desestruturadas, cujos exemplos eram os piores, e conseguiram tornar-se cidadãos de bom carácter e conduta irrepreensível? O contrário também. Não gosto de generalizar até porque há mães tão desnaturadas como o não são os animais que p+rotegem as suas crias.
      E pronto...lá fugi eu ao cerne da questão. :))
      Um beijo, amigo Jaime.

      Eliminar
  4. As mães são, a meu ver, quem exerce maior influência.
    O vídeo é importante e deveria ser visto pelo maior número possível de pessoas.
    Recordo-me do discurso de Halle Berry.
    Beijinho, Janita, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E, sobretudo, há mães que exercem uma certa influência sobre os seus filhos, mas sem serem controladoras, ou seja, aconselhando e mostrando-lhes o caminho certo, mas deixando-os livres para serem eles a decidir. Eu fui sempre como estas últimas e não me dei mal. Destesto manipulações emocionais.
      Daí o meu "talvez", no texto da publicação. :)
      Beijo, António.

      Eliminar
  5. As Mãe são sempre o inicio de tudo :)) Os pais Também. Mas as Mães!! Gostei :)
    .
    As flores, que no silencio, me olham
    .
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São assim a modos como as ovelhas daquele pastor da Serra da Estrela, que às perguntas do alfacinha sobre quem era o dono das ovelhas pretas, diz que era ele, e das brancas? - pergunta o outro...e ele: também!
      Beijos, e boa semana, Cidália.

      Eliminar
  6. Parece-me evidente que a ligação à mãe é maior que à do pai. Para além de o gerar, quem é o primeiro rosto que o bebé conhece?. Quem lhe dá a mama? O pai pode esperar... Isto, claro, em condições normais.
    O discurso da Halle Berry é emocionante.
    bjis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disse o José e muito bem: "em condições normais".
      Naturalmente é a mãe a primeira pessoa que o recém-nascido sente perto, msmo que só vislumbre sombras, ao nascer, para além da ligação que o unia dentro do ventre materno.
      Sim, a actriz estava num feixe de nervos e emoções tão sentidas que contagiou toda a assistência. Nem tudo são interesses e invejas em Hollywood, não é verdade?
      Beijinhos e boa semana, José.

      Eliminar
  7. Querida Amiga, com certeza já ouviste dizer : " os filhos andam 9 meses na barriga e a vida inteira na cabeça, " e talvez seja por isso que se lembrem mais da mãe do que do pai. Além disse, as mães olham os filhos e veem imediatamente que não estão bem, que estão tristes. Já me aconteceu dizer ao meu marido que algo se passava ou com o filho ou com a filha e ele negar e dizer-me que eu estava errada. Não, mãe olha e vê a tristeza nos olhos deles. Claro que há excepções, mas na maioria das vezes, os pais têm menos sensibilidade. Costumo dizer que fomos nós a ter as dores do parto e a isso se deve esta nossa dedicação. Como disseste ao Jaime e muito bem, há mães que não merecem esse nome, são simples " parideiras" e há pais muito atentos aos filhos , preocupados e carinhosos. ; só lhes faltou " dar à luz " . Como sempre, muito interessante o teu post, Janita e como mãe e avó, tendo junto de mim um bom pai, termino dizendo...Mãe é Mãe...
    Beijinhos, Amiga e saúde para todos vós

    PS -Não vi essa entrega de Óscares, mas vi o filme que aqui partilhas até ao fim. Obrigada:
    Emilia
















    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhecia essa expressão, Emília, mas olha que concordo inteiramente com ela. Depois que pomos os filhos no mundo, por muito crescidos que estejam, vamos estar sempre com eles no pensamento e, temendo que algo lhes aconteça. Sobretudo quando estão longe.
      Por vezes, também tenho os meus maus pressentimentos, chego a ter sonhos tão assustadores que me tiram o sono.
      Nesse dia, telefono logo para saber se está tudo bem.
      Enfim, uma preocupação constante. E eu até nem sou uma daquelas mães superprotectoras. :)

      Beijinhos, querida Emília e desejo-vos muita saúde e dias felizes.

      Eliminar
  8. A mãe tem sempre um papel primordial na educação/formação dos filhos, embora no meu caso o meu pai tenha tido uma liderança fundamental na minha vida.
    Hoje como mãe, sinto que sou tudo na vida do meu filho e isso deixa-me feliz.
    Gostei muito deste post. Não vi a entrega dos óscares, pelo menos não me lembro, como tu dizes, passa sempre tarde e a más horas.
    Beijinhos Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já eu amiga Manu, como fui criada longe do meu pai não tive uma figura paterna que me passasse qualquer ensinamento ou valores. Ainda hoje, ao ouvir uma entrevista que a Fátima Campos Ferreira,- também ela uma grande jornalista - concedeu à TVI, me vieram as lágrimas aos olhos pelo que contou acerca da importância que o Pai teve na sua formação, os valores humanos que lhe passou e como lhe forneceu, através do conhecimento, as armas para que pudesse ser o que hoje é.
      Nas noite dos Óscares, por vezes, acontece magia. :)

      Beijinhos, Manu.

      Eliminar
  9. Pois, só tenho as palavras de agradecimento para minha mãe e tristeza pelo que não pude fazer por ela e, quando poderia fazê-lo, já era tarde... Mas ela sabe quanto reconheço seu esforço, sua luta, para que seus filhos fossem "gente grande". Não o somos, mas crescemos.
    Nada sei sobre essas premiações. nunca as vi. Nunca me interessaram. Aos filmes, sim. Sempre arranjava um tempo para ir vê-los, logo não conheço as histórias. E continua arranjando tempo para um bom cinema. Mas a roupa dessa atriz encheu meus olhos, e a ela também, risos! É só um chiste!
    Uma boa semana para ti, minha amiga!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu querido amigo, o final do seu comentário fez-me sorrir...e há lá coisa melhor do que ler, por parte de um amigo, um chiste que nos mostre a sua capacidade de fazer humor com a beleza feminina? Gostei muito de o ver por esta publicação, meu amigo, porém, e uma vez ser um tema que se aborda ao de leve, mas onde a permanência é curta, passei para outro tema sem esperar pelo José Carlos...😊
      Mas voltei, para lhe agradecer.

      Um beijinho com muita amizade e até mais logo.

      Eliminar